loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Luís Castro: «Hoje foi determinante a dimensão psicológica do Shakhtar»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

A Liga fez bem em suspender as competições profissionais devido à Covid-19?

Declarações de Luís Castro, treinador do Shakhtar Donetsk, após o jogo dos 16 avos de final da Liga Europa de futebol entre Benfica e Shakhtar Donetsk, disputado hoje no Estádio da Luz.
Luís Castro: «Hoje foi determinante a dimensão psicológica do Shakhtar»

"Não tivemos controlo do jogo na primeira parte. No primeiro tempo não conseguimos jogar, não pressionámos alto, não conseguimos parar o Benfica, não conseguimos controlar. Fomos apáticos. Corrigimos ao intervalo, anulámos os jogadores mais influentes e fomos uma equipa totalmente diferente. Conseguimos jogar no campo todo e mostrámos muito mais qualidade do que na primeira parte.

A eliminatória é feita de dois jogos e muitas vezes olhamos para a segunda mão e esquecemos a primeira. Pode haver a tentação de olhar só para a primeira parte deste jogo, mas fomos melhores em Kharkiv e hoje na segunda parte, perante uma grande equipa que sempre disse que não estava em crise e hoje o provou aqui. O Benfica teve dificuldades, mas houve muito mérito nosso nessas dificuldades.

Hoje foi determinante a dimensão psicológica do Shakhtar. Tínhamos o jogo perdido ao intervalo e tivemos a capacidade de nos reerguer e levar para a segunda parte um comportamento completamente diferente. A forma como os jogadores se movimentaram na segunda parte só foi possível devido à grande capacidade mental e de absorver toda a informação que lhes foi passada.

Enquanto português estou triste por três equipas não terem seguido em frente hoje na Liga Europa. Obviamente, estou feliz por ter eliminado o Benfica. Não por ser o Benfica, mas sim por ter sido o adversário do Shakhtar.

Não sei quem são os possíveis adversários nos oitavos de final, mas agora tudo é possível. Venha o adversário que vier, estamos prontos para o defrontar".

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página