loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19: Jogadoras de Benfica e Braga pedem união para ultrapassar pandemia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

A benfiquista Raquel Infante e a bracarense Dolores Silva, que hoje se deviam defrontar na final da Taça da Liga feminina de futebol, uniram-se num vídeo de apelo à união na luta contra a pandemia de Covid-19.
Covid-19: Jogadoras de Benfica e Braga pedem união para ultrapassar pandemia

“A esta hora devíamos estar a disputar a final da Taça da Liga contra o Sporting de Braga”, abriu Raquel Infante, com Dolores Silva a acrescentar que discutir um título com o Benfica, num jogo que seria jogado na Covilhã, faria deste “um dia muito especial”.

No entanto, a pandemia de covid-19/" >Covid-19 parou o desporto, pelo que, com constatou a benfiquista, “infelizmente não é possível”.

“O momento que atravessamos obriga-nos a ficar em casa e a lutar todos juntos contra um adversário invisível”, acrescentou Dolores Silva.

A final da primeira edição da Taça da Liga feminina foi adiada, mas Raquel Infante tem “a certeza de que vai haver mais jogos grandes no futuro”.

“Neste momento, o mais importante é estarmos todos unidos. Não é momento de rivalidades, não é momento de gritos de guerra”, frisou, garantindo: “Tenho a certeza de que juntos vamos vencer”.

Dolores Silva deixou ainda um apelo, para que todos “fiquem em casa e sigam todas as indicações dadas pela Direção Geral de Saúde”.

“Dessa forma, ajudamos todos aqueles que diariamente lutam para que consigamos voltar às nossas rotinas”, finalizou.

A final da Taça da Liga deveria realizar-se hoje na Covilhã, mas foi adiada, para data a determinar, devido à pandemia de covid-19/" >Covid-19, que parou o desporto.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 271 mil pessoas em todo o mundo, das quais pelo menos 12.000 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, há 12 mortes e 1.280 infeções confirmadas.

O número de mortos duplicou hoje em relação a sexta-feira e registaram-se mais 260 casos no mesmo período.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página