loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

CMVM pede esclarecimentos ao Benfica sobre financiamento da OPA

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Acha que Rúben Amorim é o homem certo para treinar a equipa do Sporting?

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) pediu ao Benfica "prestação de informação ao mercado", depois de "terem surgido na comunicação social rumores" sobre o desfecho do procedimento de registo da OPA lançada sobre a sua SAD.
CMVM pede esclarecimentos ao Benfica sobre financiamento da OPA

Em comunicado enviado ao supervisor, o Benfica confirmou que recebeu um pedido de prestaçao de "informação ao mercado após terem surgido na comunicação social rumores sobre o desfecho do procedimento de registo da Oferta pública de aquisição sobre as ações representativas do capital social da Benfica SAD ('OPA'), e sobre a eventual utilização alternativa dos fundos mobilizados para efeitos da sua liquidação para a contratação de reforços para a equipa de futebol".

Segundo o documento, disponível no portal do supevisor do mercado, a CMVM também solicitou a prestação imediata de informação ao mercado "quanto aos negócios celebrados que permitiram a disponibilização dos referidos fundos à Sport Lisboa e Benfica, SGPS, S.A. para efeitos de liquidação da Oferta, e notificou a Sport Lisboa e Benfica, SGPS, S.A. e a Benfica SAD de um projeto de indeferimento do pedido de registo desta oferta".

A Benfica SAD "está a preparar, e prestará ao mercado, logo que lhe seja possível nas atuais circunstâncias e de forma adequada, a informação necessária ao esclarecimento do solicitado pela CMVM", lê-se no comunicado.

"É igualmente expectável que a Sport Lisboa e Benfica, SGPS, S.A. venha a pronunciar-se no prazo legalmente previsto sobre o referido projeto de indeferimento", acrescentou a entidade.

A CMVM anunciou hoje a suspensão da venda das ações da SAD do Benfica, “aguardando a divulgação de informação relevante ao mercado” por parte do clube da I Liga de futebol.

O anúncio preliminar de lançamento da OPA da Sport Lisboa e Benfica (SLB) SGPS sobre 28,067% do capital da sociedade aponta para a aquisição de 6.455.434 ações de categoria B, ao preço de cinco euros por ação, no valor máximo de 32,28 milhões de euros.

O preço de cinco euros por ação visa assegurar que os acionistas que adquiriram ações em 2001, na altura da entrada das ações em bolsa, possam vendê-las nesta OPA a um valor nominal semelhante ao então verificado.

O capital da Benfica SAD é composto por 23 milhões de ações, sendo 9,2 milhões de categoria A e 13,8 milhões de categoria B, e é sobre estas últimas que a OPA incide.

A SLB SGPS detém 9,2 milhões ações de categoria A, correspondentes a 40% do capital social da SAD do Benfica, sendo ainda titular de 5,4 milhões de ações da categoria B, representativas de 23,6496% do capital da sociedade.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página