loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19: Angola soma dois novos casos de infeção, 60 no total

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Angola regista dois novos casos de infeção pela covid-19, elevando para 60 o número total de doentes no país, anunciou hoje o secretário de Estado para a Saúde Pública de Angola, Franco Mufinda.
Covid-19: Angola soma dois novos casos de infeção, 60 no total

Segundo Franco Mufinda, um dos novos casos é o de um cidadão guineense de 25 anos do bairro Hoji Ya Henda (Luanda) que se encontra sob cerca sanitária e onde reside o “caso 31”, um comerciante da Guiné-Conacri que regressou de Portugal no dia 17 de março.

O outro é relativo a uma cidadã angolana, também de 25 anos, residente no município do Kilamba Kiaxi, igualmente na capital angolana.

Foi ainda registado mais um doente recuperado, uma técnica cubana que chegou a Luanda no dia 10 de abril integrada num contingente de mais de 200 especialistas daquele país.

Angola conta, assim, com 60 casos de infeção pelo novo coronavírus, dos quais três óbitos, 18 recuperados e 39 ativos internados e clinicamente estáveis, contabilizando 32 casos de transmissão local

A quarentena institucional acumula até agora 1.077 pessoas e nove tiveram alta.

O país, onde chegaram mais 25 toneladas de materiais de biossegurança provenientes da China, tem 849 casos suspeitos e 1.194 estão sob vigilância.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 328 mil mortos e infetou mais de cinco milhões de pessoas em 196 países e territórios.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Em África, há 2.997 mortos confirmados, com mais de 95 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Entre os países africanos que têm o português como língua oficial, a Guiné-Bissau lidera em número de infeções (1.109 casos e seis mortos), seguindo-se a Guiné Equatorial (719 casos e sete mortos), Cabo Verde (356 casos e três mortes), São Tomé e Príncipe (258 casos e 11 mortos), Moçambique (162 casos) e Angola (58 infetados e três mortos).

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página