loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19: Cabo Verde fez cerca de 3.000 testes rápidos este mês

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Cabo Verde fez cerca de 3.000 testes rápidos de pesquisa de anticorpos do novo coronavírus este mês, na Praia e na Boa Vista, e os resultados são «muito encorajadores», disse hoje o diretor nacional de Saúde.
Covid-19: Cabo Verde fez cerca de 3.000 testes rápidos este mês

Na habitual conferência de imprensa para fazer o balanço diário da pandemia do novo coronavírus no país, Artur Correia afirmou que os testes rápidos começaram a ser feitos no início do mês de maio, a partir do momento em que houve essa disponibilidade.

Dos cerca de 3.000 testes realizados até agora, a mesma fonte disse que a maioria foi na cidade da Praia (2.200), capital do país, na ilha de Santiago, e os restantes na Boa Vista, a ilha onde foi diagnosticado o primeiro caso de covid-19 em Cabo Verde e que desde quinta-feira não regista doentes ativos.

A cidade da Praia é agora o epicentro da doença no país e é também onde os testes rápidos estão a ser intensificados nos bairros com mais casos, nomeadamente Vila Nova, Ponta d’Água, Achada de Santo António, Cobom, Tira Chapéu e Achada Grande Frente.

“Devemos dizer que os dados são muito encorajadores. Não temos encontrado muitos positivos e esses testes têm servido também para fazer uma triagem de todos os casos positivos, que serão reconfirmados com teste PCR (de infeção do novo coronavírus)”, adiantou Artur Correia.

“Isso dá-nos um direcionamento mais fiável para fazer os testes de PCR e, ao mesmo tempo, dá-nos informações de como é que o vírus estaria a circular na comunidade e os resultados são muito animadores”, declarou o porta-voz do Ministério da Saúde.

Cabo Verde já diagnosticou um acumulado de 362 casos de covid-19, desde 19 de março, nas ilhas de Santiago (303), Boa Vista (56) e São Vicente (3).

Do total, três resultaram em óbito, 130 foram considerados recuperados, dois foram transferidos para os seus países e o país tem neste momento 227 doentes ativos, todos na ilha de Santiago.

Dos casos em isolamento, 223 estão na Praia, dois em Tarrafal e dois em Santa Cruz.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 330 mil mortos e infetou mais de 5,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,9 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página