loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19: Madeira sem novos casos há 17 dias consecutivos

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O arquipélago da Madeira não registou casos de covid-19 nas últimas 24 horas, mantendo o total de 90 doentes pelo 17.º dia consecutivo, já com 67 recuperados, indicou hoje o Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE).
Covid-19: Madeira sem novos casos há 17 dias consecutivos

"São 67 os casos recuperados e 23 os casos de infeção ativos e os doentes mantêm seguimento pelas autoridades de saúde, sem necessidade de cuidados hospitalares", refere em comunicado.

Até à data, foram notificados 1.543 casos suspeitos de covid-19 na região autónoma, dos quais 1.453 não se confirmaram.

O IASAÚDE indica que 353 pessoas estão a ser acompanhadas pelas autoridades de saúde dos vários concelhos da região, das quais 249 em vigilância ativa e 104 em autovigilância.

Sobre as linhas criadas no âmbito do plano de contingência para a covid-19, o IASAÚDE esclarece que a linha de acompanhamento psicológico (291 212 399) já atendeu 951 chamadas, com 116 pessoas em acompanhamento pelos profissionais do instituto.

Os contactos para a Linha SRS24 (800 24 24 20) totalizam 7.846, mais 31 chamadas nas últimas 24 horas.

No que respeita ao total de testes à covid-19 realizados na região autónoma, foram processadas até à data 10.276 amostras no Laboratório de Patologia Clínica do Serviço de Saúde da Madeira.

Em Portugal, morreram 1.302 pessoas das 30.471 confirmadas como infetadas, e há 7.705 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 339 mil mortos e infetou mais de 5,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,9 milhões de doentes foram considerados curados.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página