loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Brasil: Clubes 'cariocas' ainda com treinos condicionados à parte física

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Flamengo, do treinador português Jorge Jesus, e outras equipas do Rio de Janeiro, como o Fluminense, Botafogo ou Vasco da Gama, apenas devem realizar treinos condicionados a fisioterapia, reabilitação muscular dos futebolistas e fisioterapia com bola.
Brasil: Clubes 'cariocas' ainda com treinos condicionados à parte física

A informação foi avançada pela prefeitura da cidade, depois de uma reunião entre a Federação de Futebol do Rio de Janeiro, os clubes do Estado e o prefeito Marcelo Crivella, e acontece após o Flamengo ter treinado na última semana.

Crivella esteve reunido no domingo com a Federação de futebol do Rio de Janeiro, e com os clubes America, Americano, Bangu, Boavista, Cabofriense, Madureira, Portuguesa, Macaé, Nova Iguaçu, Flamengo, Vasco da Gama, Volta Redonda, Friburguense e Resende.

“Os clubes vão permanecer apenas com fisioterapia, reabilitação muscular dos atletas, fisioterapia com bola, tudo levando em consideração o protocolo de segurança para evitar o contágio do coronavírus”, referiu o prefeito Marcelo Crivella, nas redes sociais.

Na última semana, o Flamengo, que Jorge Jesus levou na última época à conquista do campeonato brasileiro e da Taça dos Libertadores da América, regressou aos treinos no Ninho do Urubu, mas de forma setorizada, em treino físico e por grupos.

O clube argumentou que os jogadores se “sentiam seguros” com o protocolo adotado no combate à covid-19.

Também em nota publicada na rede social Facebook, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (FERJ) diz que o início do campeonato estadual acontecerá, possivelmente, em meados de junho.

“Com previsão de volta do futebol possivelmente para meados de junho, mas sem público, os clubes devem progredir, passo a passo, com fase de avaliação clínica, testes físicos, exercícios de reabilitação dos efeitos da inatividade muscular e atividades de recuperação da capacidade laborativa”, indica a Federação.

Na reunião de domingo entre clubes, federação e prefeitura estiveram ausentes o Botafogo e o Fluminense.

O Brasil já é o segundo país com maior número de casos positivos para o novo coronavírus, atrás dos Estados Unidos, com 363.211 casos e 22.666 mortos.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 343 mil mortos e infetou mais de 5,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de dois milhões de doentes foram considerados curados.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página