loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Crónica: Vitória anula duas desvantagens e empata com Sporting

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Vitória de Guimarães empatou hoje 2-2 com o Sporting, após ter recuperado de duas desvantagens num jogo dividido e intenso, para a 25.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, após quase três meses de paragem competitiva.
Crónica: Vitória anula duas desvantagens e empata com Sporting

No primeiro encontro após a interrupção causada pela pandemia de covid-19, vimaranenses e ‘leões' alternaram o domínio num encontro muito disputado, embora nem sempre bem jogado, em que a turma de Alvalade esteve sempre na frente, graças ao ‘bis' de Sporar, aos minutos 18 e 52, e a equipa de Guimarães respondeu com os tentos de João Carlos Teixeira (32) e de Marcus Edwards (68).

O Vitória de Guimarães apareceu no relvado com seis alterações face ao ‘onze' que alinhou no triunfo sobre o Paços de Ferreira (1-2), em 08 de março, incluindo os regressos do central Bondarenko, que jogara pela última vez em setembro de 2019, e de Joseph ao meio-campo, que esteve parado quase 10 meses, devido a uma lesão na anca.

Perante um Estádio D. Afonso Henriques sem público, apenas preenchido por algumas faixas de apoio aos vimaranenses nas bancadas sul, nascente e norte e por mais de 500 fotografias de sócios vitorianos na bancada poente, a equipa treinada por Ivo Vieira entrou melhor, criando a primeira ocasião do jogo aos seis minutos, num remate de Marcus Edwards a centímetros do poste direito.

Já o Sporting, que iniciou a partida com quatro alterações na equipa que venceu o Desportivo das Aves (2-0), também em 08 de março, com destaque para as estreias absolutas do defesa central Eduardo Quaresma, de 18 anos, e do médio Matheus Nunes, de 21, apresentou-se mais expectante, procurando o contra-ataque.

Os ‘leões' responderam de imediato à primeira ameaça minhota, com um contra-ataque em que Frederico Venâncio impediu a ‘emenda' decisiva de Vietto, aos oito minutos, começou a chegar com mais frequência à área contrária e fez o golo, aos 18, após um erro clamoroso de Douglas: na sequência de um pontapé longo de Acuña, o guarda-redes deixou escapar a bola para Sporar, que se limitou a atirar para a baliza deserta.

Após o golo, o ritmo e a qualidade da parida caíram, com o Vitória, incapaz de reagir imediatamente à desvantagem, a falhar vários passes no meio-campo e o Sporting a circular a bola, sempre à ‘espreita' de conseguir alguma brecha na defesa contrária, principalmente pela ala direita, face à dinâmica exibida por Rafael Camacho e por Jovane Cabral.

O Vitória acabou, contudo, por conseguir o empate, num lance parecido ao que deu o golo aos ‘leões': Luís Maximiano atirou a bola para a zona central, na reposição, mas Joseph, que competira pela última vez em 14 de agosto de 2019, frente aos letões do Ventspils, para a Liga Europa (triunfo luso por 6-0), antecipou-se a Matheus Nunes e assistiu João Carlos Teixeira para o remates decisivo.

Apesar do golo, a equipa treinada por Rúben Amorim continuou melhor até ao intervalo, faltando-lhe ‘pontaria' nos remates de que dispôs, e colocou-se de novo em vantagem no início da segunda parte, quando a partida estava mais dividida: servido por um passe de Jovane Cabral a ‘romper' a defesa vimaranense, Sporar contornou Douglas e ‘bisou' na partida.

Obrigado a ‘correr' novamente atrás do resultado, o Vitória acercou-se da área leonina, mas definiu mal vários lances até ao momento em que, com sorte à mistura, a bola sobrou para Marcus Edwards em frente à baliza e atirou para o fundo das redes.

Os vimaranenses, reduzidos a 10 jogadores após Joseph ter visto o segundo cartão amarelo aos 76 minutos, por falta sobre Jovane Cabral, estiveram perto da reviravolta aos 81 minutos, num remate por cima de Bruno Duarte, mas os ‘leões' também estiveram perto do 3-2, num cabeceamento de Jovane, aos 84, e num remate por cima de Camacho, aos 90+1.

Após o empate, o Sporting continua na quarta posição, com 43 pontos, a três do terceiro, Sporting de Braga, que defronta, na sexta-feira, o Santa Clara, enquanto o Vitória é sexto, com 38.

Programa da jornada:

Quarta-feira, 3 de Junho de 2020
Portimonense - Gil Vicente, 1 - 0
Famalicão - FC Porto, 2 - 1

Quinta-feira, 4 de Junho de 2020
Marítimo - V. Setúbal, 1 - 1
Benfica - Tondela, 0 - 0
V. Guimarães - Sporting, 2 - 2

Sexta-feira, 5 de Junho de 2020
Santa Clara - Sp. Braga, 3 - 2
Desp. Aves - Belenenses SAD, 0 - 2

Sábado, 6 de Junho de 2020
Boavista - Moreirense, 0 - 1

Domingo, 7 de Junho de 2020
Rio Ave - Paços Ferreira, 2 - 3

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página