loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Síntese: Duelo intenso e emotivo entre Moreirense e Famalicão acaba empatado

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Moreirense e o Famalicão empataram ontem 1-1, num jogo intenso e equilibrado, embora com mais oportunidades para os famalicenses, a contar para a 28.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.
Síntese: Duelo intenso e emotivo entre Moreirense e Famalicão acaba empatado

Após ter dominado a primeira parte, a equipa de Moreira de Cónegos chegou à vantagem numa fase em que o adversário já estava melhor - Fábio Abreu fez o seu 11.º golo no campeonato aos 69 minutos -, mas Toni Martínez empatou aos 73, com o seu sétimo golo no campeonato, e a formação de Famalicão esteve perto da reviravolta nos minutos finais.

Ao somar o segundo empate consecutivo, os famalicenses perderam a oportunidade de igualarem os 47 pontos do quarto classificado, Sporting de Braga, e conservam o quinto posto, enquanto o Moreirense, que averbou somente uma derrota nos últimos 10 encontros, é nono, com 35.

Mais dinâmico no ataque, sobretudo pela ala esquerda, o Moreirense dominou quase toda a primeira parte e chegou ao intervalo com mais posse de bola (55% contra 45%), mas as ocasiões de golo escassearam.

A equipa treinada por Ricardo Soares aproximou-se regularmente da área contrária, mas só ameaçou a baliza contrária num pontapé de bicicleta de Gabrielzinho, por cima, aos 25 minutos, e num remate forte de Nuno Santos, travado por Vaná, aos 30.

O Famalicão sentiu dificuldades para se libertar da apertada pressão 'cónega' - Fábio Martins foi sempre vigiado de perto por Sori Mané -, mas teve ainda duas ocasiões claras para inaugurar o marcador, ambas por Toni Martínez: o avançado espanhol atirou por cima, aos 25, e rematou a centímetros ao lado do poste esquerdo, aos 26.

A equipa orientada por João Pedro Sousa melhorou após o intervalo, aproveitando os espaços que o Moreirense começou a ceder para chegar à área contrária em ataques rápidos, mas 'pecou' regularmente no último passe, sem conseguir uma oportunidade melhor do que um remate de Racic ao lado (59 minutos).

Face ao rendimento exibido pelos vimaranenses nos primeiros 15 minutos da segunda parte, Ricardo Soares fez três alterações aos 62 minutos e acabou por ser recompensado pouco depois: a equipa reequilibrou as operações no meio-campo, voltou a aproximar-se da baliza contrária e chegou ao golo pelo recém-entrado Fábio Abreu, numa emenda junto à pequena área, após passe de Filipe Soares.

A formação famalicense precisou somente de quatro minutos para repor a igualdade: Ivo Pinto ganhou espaço na ala direita e cruzou para as 'costas' da defesa do Moreirense, onde apareceu Toni Martínez a 'fuzilar' a baliza contrária.

O resultado manteve-se incerto até ao apito final, com o Famalicão a 'empurrar' o Moreirense para a sua área e a criar mais três ocasiões de golo, em remates de Toni Martínez, aos 79, e de Pedro Gonçalves, aos 88, travados por Pasinato, e num cabeceamento ao lado de Roderick, já nos descontos.

Programa da jornada:

Domingo, 21 de Junho de 2020
Gil Vicente - Desp. Aves, 3 - 0

Segunda-feira, 22 de Junho de 2020
Portimonense - Marítimo, 3 - 2

Terça-feira, 23 de Junho de 2020
V. Setúbal - Rio Ave, 1 - 2
Benfica - Santa Clara, 3 - 4
FC Porto - Boavista, 4 - 0

Quarta-feira, 24 de Junho de 2020
Tondela - Paços Ferreira, 1 - 3
Moreirense - Famalicão, 1 - 1

Quinta-feira, 25 de Junho de 2020
Sp. Braga - V. Guimarães, 3 - 2

Sexta-feira, 26 de Junho de 2020
B SAD - Sporting, 1 - 3

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página