loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Crónica: Golo solitário de Vaz Tê reforça esperança do Portimonense na manutenção

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Portimonense garantiu hoje uma importante vitória no reduto do Famalicão, por 1-0, que ajuda os algarvios a manterem viva a luta pela manutenção na I Liga portuguesa de futebol.
Crónica: Golo solitário de Vaz Tê reforça esperança do Portimonense na manutenção

Graças ao golo apontado por Ricardo Vaz Tê, aos 17 minutos, a equipa algarvia, depois do encontro da 29.ª jornada, mantém-se abaixo da ‘linha de água’, com 27 pontos, mas reduziu a diferença para dois pontos para o Tondela e três para o Belenenses, ambos com menos um jogo.

Com este resultado, o Famalicão, que se mantém no quinto lugar, comprometeu de alguma forma a luta por um posto europeu, podendo hoje mesmo ser ultrapassado pelo Rio Ave, que joga com o Sporting de Braga.

O Portimonense, por outro lado, está necessitado de pontos para evitar a descida de divisão. Após a retoma do campeonato, os algarvios têm vindo a fazer uma boa campanha, somando três vitórias e dois empates, um deles frente ao campeão Benfica.

Relativamente à constituição das equipas para este encontro, João Pedro Sousa apostou no mesmo ‘onze’ que trouxe de Moreira de Cónegos um empate, enquanto Paulo Sérgio fez uma alteração forçada em relação ao encontro com o Marítimo, saindo Lucas Fernandes para dar lugar a Lucas Possignolo.

O Portimonense foi a equipa que melhor entrou na partida, encontrando pela frente um Famalicão muito diferente do que tem vindo a mostrar, com grandes dificuldades em controlar o adversário e em chegar à baliza adversária.

Esta superioridade dos algarvios, que se manteve até ao intervalo, foi-se tornando cada vez mais evidente à medida que o jogo se desenrolava.

Aos 11 minutos aconteceu o primeiro lance de perigo para o Portimonense. Bruno Tabata fez um remate em arco, valendo uma grande defesa de Vaná, que desviou a bola para a barra da baliza.

Após algumas ameaças, a formação comandada por Paulo Sérgio chegou, sem surpresas, ao golo, aos 17 minutos, por intermédio de Vaz Tê. Tabata, peça fundamental na construção da vitória algarvia, recuperou a bola e isolou Vaz Té, que rematou colocado para golo.

O Famalicão ainda tentou reagir, mas a ineficácia e apatia dos seus jogadores não permitiu contrariar a tendência de jogo.

No entanto, ao intervalo, João Pedro Sousa fez três alterações na equipa famalicense, com a entrada de Gustavo Assunção, Riccieli e Coly, que fizeram a diferença dentro das quatro linhas.

A formação da casa assumiu o comando e as oportunidades de golo e a pressão na baliza adversária passaram a ser uma constante.

Aos 53 minutos, Pedro Gonçalves rematou com perigo à baliza de Gonda, obrigando o guarda-redes nipónico a uma defesa complicada.

O guardião japonês voltou a estar em destaque aos 59 minutos, altura em que desviou a bola para a trave após um remate de Diogo Gonçalves.

A pressão do Famalicão manteve-se até ao apito final, obrigando o Portimonense a passar por momento críticos e de grande aperto. Ainda assim, os algarvios estiveram coesos e conseguiram segurar os três pontos.

Programa da jornada:

Domingo, 28 de Junho de 2020
Boavista - Santa Clara, 1 - 0

Segunda-feira, 29 de Junho de 2020
Desp. Aves - Moreirense, 0 - 1
Marítimo - Benfica, 2 - 0
Paços Ferreira - FC Porto, 0 - 1

Terça-feira, 30 de Junho de 2020
Famalicão - Portimonense, 0 - 1
V. Guimarães - V. Setúbal, 2 - 0
Rio Ave - Sp. Braga, 4 - 3

Quarta-feira, 1 de Julho de 2020
Belenenses SAD - Tondela, 1 - 1
Sporting - Gil Vicente, 2 - 1

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página