loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Ténis: Roland Garros vai ter público, mas será limitado a 60% da sua capacidade

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

A edição de 2020 de Roland Garros, reprogramada para 27 de setembro a 11 de outubro devido à pandemia covid-19, vai receber de 50 a 60% da sua lotação habitual, anunciou hoje a Federação Francesa de Ténis (FFT).
Ténis: Roland Garros vai ter público, mas será limitado a 60% da sua capacidade

"O número de espetadores admitidos no estádio será de entre os 50 e os 60% da capacidade habitual", indicou a FFT, assinalando que essa redução vai possibilitar que se respeitem as medidas de segurança sanitárias para evitar a propagação do novo coronavírus.

Os bilhetes, que serão colocados à venda em 16 de julho para o público em geral, vão permitir que 20.000 pessoas se desloquem a Roland Garros para assistir as primeiras rondas. O número de espetadores será limitado aos 10.000 para as finais.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página