loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Vizela renova com avançado ganês Emmanuel

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Vizela, clube que foi promovido à II Liga portuguesa, anunciou hoje a renovação do contrato com o avançado Emmanuel, que assinou um vínculo válido por mais duas temporadas.
Vizela renova com avançado ganês Emmanuel

O jogador ganês, de 19 anos, que na época que findou esteve emprestado ao Juventude de Pedras Salgadas, do Campeonato de Portugal, onde cumpriu cinco jogos e apontou um golo, vai ter nova oportunidade para se afirmar nas opções do técnico Álvaro Pacheco.

"Estou feliz aqui. O clube é muito organizado e a equipa é muito boa. Acredito que, juntos, podemos alcançar grandes coisas”, referiu o jovem jogador, em declarações ao sítio oficial do clube minhoto na Internet.

Emmanuel, também conhecido no meio futebolístico por Manu, junta-se ao defesa Aikara, ao médio Okoli e ao avançado Cann, que também renovaram o contrato esta semana, e a Kiko (ex-Mirandela) e Chidera (ex-Portimonense) que foram contratados na sexta-feira.

Também hoje, os jogadores do grupo de trabalho vizelense foram sujeitos a testes de despiste à covid-19, de modo a poderem retomar nos próximos dias os treinos de preparação da nova temporada, que nesta primeira fase serão realizados à porta fechada e de forma individualizada.

O Vizela, a par do Arouca, foi indicado pela Federação Portuguesa de Futebol para a subida à II Liga Portuguesa de Futebol, depois de o Campeonato Portugal, onde militava, ter sido interrompido, devido à pandemia de covid-19.

À data da suspensão da prova, o Vizela liderava a Série A, com 60 pontos (mais oito do que o segundo classificado Fafe), enquanto o Arouca estava em primeiro lugar na Série B, com 58 pontos (mais oito do que o Lusitânia de Lourosa).

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página