loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Crónica: Desp. Aves aproveita Setúbal aflito para quebrar jejum de triunfos e golos

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O despromovido Desportivo das Aves regressou hoje às vitórias na I Liga de futebol, ao impor-se na receção ao 'aflito' Vitória de Setúbal, por 1-0, em encontro da 31.ª jornada que manchou a estreia de Lito Vidigal.
Crónica: Desp. Aves aproveita Setúbal aflito para quebrar jejum de triunfos e golos

Na Vila das Aves, Mehrdad Mohammadi revelou eficácia numa grande penalidade concretizada aos quatro minutos, ao contrário do que fez Nuno Valente três minutos depois, devolvendo os avenses aos triunfos ao fim de 11 rondas.

O Desportivo das Aves mantém-se na 18.ª e última posição, com 17 pontos, mas já evitou o estatuto de último classificado da história da I Liga com menos pontos num campeonato disputado a 34 rondas e com menor média de pontos por jogo, superando o registo fixado pelo Penafiel na temporada 2005/06, com 15 pontos somados à média de 0,44 por jogo.

Os nortenhos terminaram o jogo em inferioridade numérica, por acumulação de amarelos de Oumar Diakhité aos 74, tal como o Vitória de Setúbal, que assistiu à expulsão de Sílvio aos 80 e não vence há 13 jogos, ocupando o 16.º posto, com 30 pontos, à mercê de ser igualado pelo penúltimo Portimonense, o primeiro clube em zona de despromoção.

O jogo ainda não tinha uma tendência definida quando Hachadi agarrou Marius na área logo ao quarto minuto, originando um castigo máximo que o avançado iraniano Mohammadi transformou no oitavo golo da conta pessoal, terminando um ciclo de sete jornadas e 680 minutos ininterruptos sem festejos por parte dos avenses.

Sem pestanejar, os sadinos assumiram a bola e demoraram três minutos a descortinar brechas no último reduto do Desportivo das Aves, tendo Éber Bessa conquistado outro penálti de rompante, após ter sido atingido por Diakhité, mas o guarda-redes Rapahel Aflalo agigantou-se e adivinhar as intenções de Nuno Valente.

Ao início frenético seguiu-se uma luta de blocos em ritmo lento, pautada pelo ligeiro ascendente dos pupilos de Nuno Manta Santos, que exibiam maior empenho e inspiração em zonas atacantes, como atestou Mohammadi aos 34 minutos, ao ludibriar três oponentes perto da linha de fundo para rematar à figura de Giorgi Makaridze.

O Vitória de Setúbal acusou a pressão de uma partida vital na fuga à despromoção e esbarrou em diversos contra-ataques inconsequentes até ao intervalo, tirando remates longínquos de Brian Mansilla e Nuno Valente a caminho do intervalo, incapazes de importunar uma equipa que apenas cumpre calendário até ao final da temporada.

De regresso a uma localidade onde trabalhou em 2017/18, Lito Vidigal mudou duas peças para o reatamento e subiu a pressão face à postura expectante dos nortenhos, reagindo com duas bolas ao poste direito da baliza de Aflalo aos 49 minutos, em ‘tiros’ consecutivos de Mansilla e Berto, que antecederam a troca de Mathiola pelo lesionado Hachadi.

Se o Desportivo das Aves cedeu poucos espaços enquanto caía de produção ofensiva, ao ponto de nem sequer ter enquadrado um remate, o Vitória de Setúbal deixou-se dominar pela intranquilidade e expressou o descontrolo emocional na reta final, já que desaproveitou em seis minutos a expulsão de Diakhité com uma entrada ríspida de Sílvio sobre Marius.

Programa da jornada:

Quarta-feira, 8 de Julho de 2020
Boavista - Marítimo, 0 - 1
Desp. Aves - V. Setúbal, 1 - 0

Quinta-feira, 9 de Julho de 2020
Rio Ave - Portimonense, 2 - 1
Tondela - FC Porto, 1 - 3
Famalicão - Benfica, 1 - 1

Sexta-feira, 10 de Julho de 2020
V. Guimarães - Gil Vicente, 1 - 2
Sporting - Santa Clara, 1 - 0
Paços Ferreira - Sp. Braga, 1 - 5

Sábado, 11 de Julho de 2020
Belenenses SAD - Moreirense, 0 - 1

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página