loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Adeptos portistas em Lisboa ‘invadem’ Marquês para festejar título

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

A praça do Marquês de Pombal, em Lisboa, foi palco dos festejos do 29.º título de futebol do FC Porto em Lisboa, com os adeptos a ‘invadirem’ a rotunda e a terem direito a fogo-de-artifício.
Adeptos portistas em Lisboa ‘invadem’ Marquês para festejar título

Local habitualmente escolhido pelos adeptos do Benfica ou do Sporting para festejar as suas conquistas, desta vez a festa no Marquês foi feita em tons de azul, num ‘cortejo’ que se iniciou na avenida da República, onde se situa a delegação do FC Porto, através de escolta policial.

A pandemia de covid-19 não afastou centenas de adeptos dos ‘azuis e brancos’ de fazerem a festa pelas ruas da capital portuguesa, fora as que passaram de carro pelo local dos festejos, com as buzinas a ecoarem repetidamente, num ‘coro’ aliado com os cânticos “Campeões allez!”, “O campeão voltou!”, entre outros.

Ainda o clássico não tinha terminado no estádio do Dragão e já se juntavam alguns adeptos em frente aos Dragões de Lisboa, delegação número 1 do FC Porto, que se encontrava encerrada ao público para visionamento do jogo, devido à pandemia e à situação na Área Metropolitana de Lisboa.

Após o apito final, e já com bastante reforço policial presente na avenida da República, os ‘portistas’ começaram a aglomerar-se, munidos de adereços como camisolas, cachecóis e bandeiras, para além das máscaras de proteção ao novo coronavírus, mas, no entanto, o distanciamento social esteve cada vez menos presente com o aparecimento de mais pessoas.

A avenida da República é, por tradição, o local emblemático de Lisboa onde os portistas se reúnem para celebrações, mas, desta vez, a vontade de ‘invadir’ a praça do Marquês de Pombal falou mais alto, com o dispositivo policial presente no local a ‘montar’ a deslocação dos adeptos, em segurança, até à rotunda, a cerca de dois quilómetros.

Na chegada, o ‘cortejo’ foi presenteado com fogo-de-artifício, que se repetiu mais tarde, e alguns adeptos ‘treparam’ a estátua, numa celebração em que também não faltaram algumas tochas e petardos, mas sem qualquer registo de incidentes.

O FC Porto assegurou na quarta-feira a conquista do seu 29.º título de campeão português de futebol, ao vencer em casa o Sporting por 2-0, no encontro de encerramento da 32.ª jornada da I Liga 2019/20.

Danilo Pereira, aos 64 minutos, e o maliano Marega, aos 90+1, selaram o triunfo do ‘onze’ de Sérgio Conceição, que, com duas rondas por disputar, passou a somar 79 pontos, contra 71 do Benfica, segundo classificado.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página