loading

Liga Campeões: Clubes europeus vão receber mais dinheiro da UEFA

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Os clubes europeus de futebol vão receber mais dinheiro da Liga dos Campeões a partir da próxima temporada, mesmo que não disputem a principal competição de clubes da Europa, anunciou hoje a UEFA.

O organismo máximo do futebol europeu chegou a acordo com a Associação Europeia de Clubes (ECA) e vai disponibilizar no triénio 2009-2012 cerca de 55 milhões de euros, aproximadamente mais 23 milhões do que os distribuídos na última época do ciclo anterior.

A verba anunciada, que inclui valores gerados pelos direitos televisivos e marketing da competição, será dividida entre os clubes das ligas profissionais que tenham pelo menos uma equipa na fase de grupos da prova.

Desta forma, a denominada ''percentagem de solidariedade'' sofre um aumento dos cinco para os 6,5 por cento e será destinada, através das federações nacionais e Ligas profissionais europeias, aos programas de formação de jovens jogadores.

A UEFA anunciou ainda que irá aumentar os valores de solidariedade pagos aos clubes eliminados nas pré-eliminatórias da Liga dos Campeões e da UEFA Europa League, competição que irá substituir a Taça UEFA a partir da próxima temporada.

Juntando os valores adicionais entregues aos clubes de ligas sem quaisquer participantes na Liga dos Campeões, o montante total a distribuir a título de solidariedade rondará aproximadamente os 67 milhões de euros.

''Chegámos a acordo com a ECA e estamos muito felizes, uma vez que sempre afirmámos que uma percentagem das receitas geradas pela Liga dos Campeões deveria ser redistribuída, tendo por base o princípio da solidariedade'', disse, em comunicado, o presidente da UEFA, Michel Platini.

Platini revelou ainda que o organismo está empenhado ''em apoiar as actividades de formação de jovens nos clubes dos principais escalões do futebol europeu, em conformidade com os programas de desenvolvimento a nível nacional''.

Também o presidente da ECA, o alemão Karl-Heinz Rummenigge, congratulou-se pelo facto de a entidade que preside representar ''137 clubes por toda a Europa'' e sublinhou que, com esta medida, ''não serão só os grandes clubes a beneficiar''.

O vencedor da edição deste ano deverá receber cerca de 20 milhões de euros em prémios, bem como uma verba adicional entre os 10 e 20 milhões correspondente a receitas televisivas da UEFA, além dos proveitos gerados pela venda de bilhetes e ''merchandising''.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página