loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Inglaterra: Nuno assume que 'wolves' perderam o foco, Mourinho destaca solidez dos ‘spurs’

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O treinador português Nuno Espírito Santo admitiu hoje que o Wolverhampton perdeu o foco no fecho da Liga inglesa de futebol, diante do Chelsea, enquanto José Mourinho destacou a «solidez» do Tottenham, que garantiu um lugar europeu.
Inglaterra: Nuno assume que 'wolves' perderam o foco, Mourinho destaca solidez dos ‘spurs’

"Começámos bem o jogo. A equipa estava organizada e dentro do jogo. Depois, a certa altura, perdemos o foco e preocupámo-nos demasiado com o árbitro e a arbitragem”, referiu o técnico dos ‘wolves’, após o desaire (2-0), em Stamford Bridge.

Para o técnico, “um golo podia mudar tudo”, mas a grande eficácia dos ‘blues’ nos instantes finais da primeira parte impediu outro desfecho, que deixa a equipa dos portugueses Diogo Jota, Pedro Neto, Rúben Neves, Rui Patrício, Bruno Jordão, João Moutinho, Daniel Podence e Rúben Vinagre sem chances, para já, de disputar as competições europeias no próximo ano.

"Sabíamos que um golo podia mudar tudo. Tentámos criar uma maior pressão, ser mais agressivos, mas não fomos capazes de pôr em prática o nosso jogo. Queríamos vencer o Chelsea e não fizemos o que queríamos", explicou.

Os ‘wolves’ ainda podem sonhar com a participação nas competições europeias na próxima época, através de duas vias: vencer a atual edição da Liga Europa e garantir o acesso direto à fase de grupos da Liga dos Campeões ou então esperar que o Chelsea vença o Arsenal na final da Taça de Inglaterra para conseguir a vaga de acesso à segunda prova mais importante da UEFA.

Por sua vez, José Mourinho falou da “época louca e muito dura”, salientado os resultados e as boas exibições da sua equipa, na qual alinha o compatriota Gedson Fernandes.

"Foi uma época louca, não só desde que eu cheguei. Foi muito, muito dura. Jogámos bem neste período, fomos sólidos e conseguimos chegar ao último dia em posição de nos apurarmos para a Liga Europa", analisou, depois da igualdade a um golo no campo do Crystal Palace, confessando de seguida que esta prova europeia “não era a competição desejada” pelos ‘spurs’.

A nível pessoal, ‘Mou’ mostra-se “feliz” na perspetiva de que o clube “seria quarto classificado” apenas com os resultados conseguidos desde a sua chegada ao comando técnico em novembro último, quando a equipa era 14.ª classificada.

“Contando os jogos desde que cheguei, seríamos quartos, o que é bom tendo em conta todos os problemas que tivemos. Fomos uma das equipas que fez mais pontos nos últimos seis jogos", reforçou.

Programa da jornada:

Domingo, 26 de Julho de 2020
Crystal Palace - Tottenham, 1 - 1
West Ham - Aston Villa, 1 - 1
Newcastle - Liverpool, 1 - 3
Southampton - Sheffield Utd, 3 - 1
Chelsea - Wolves, 2 - 0
Everton - AFC Bournemouth, 1 - 3
Burnley - Brighton, 1 - 2
Leicester - Man Utd, 0 - 2
Man City - Norwich, 5 - 0
Arsenal - Watford, 3 - 2

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página