loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Taça de Portugal: Conceição já bateu Benfica na Taça e em campo neutro

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O treinador Sérgio Conceição tem um balanço globalmente negativo nos confrontos face ao Benfica, mas bateu os ‘encarnados’ no único jogo para a Taça de Portugal e também no que disputou em campo neutro.
Taça de Portugal: Conceição já bateu Benfica na Taça e em campo neutro

Na época 2014/15, em encontro dos oitavos de final, o Sporting de Braga, liderado por Conceição, ganhou na Luz por 2-1 ao ‘onze’ de Jorge Jesus, rumo a uma final que acabaria por perder ingloriamente face ao Sporting, na ‘lotaria’.

Em 18 de dezembro de 2014, Jonas adiantou os ‘encarnados’, aos 33 minutos, mas, na segunda parte, os ‘arsenalistas’ deram volta, com tentos de Aderllan Santos, aos 48, e Pardo, aos 58, qualificando-se para os quartos de final da Taça de Portugal.

O encontro em campo neutro aconteceu na passada temporada, nas meias-finais da Taça da Liga, em Braga, onde, em 22 de janeiro de 2019, o FC Porto se impôs, com muita polémica, por 3-1.

Brahimi, aos 24 minutos, Marega, aos 35, e Fernando Andrade, aos 86, conduziram Conceição à final – viria a ser mais uma perdida face ao Sporting -, enquanto Rafa, aos 31, faturou para os ‘encarnados’. Pizzi marcou outro, que foi invalidado.

Este triunfo é um dos quatro que Sérgio Conceição apresenta face ao Benfica como treinador do FC Porto, contribuindo para a vantagem que tem no histórico como comandante dos ‘dragões’, pois só empatou um jogo e perdeu dois (10-6 em golos).

Em 2017/18, na primeira época no Dragão, ficou-se por um ‘nulo’ em casa, mas, na segunda volta, à 30.ª jornada, venceu por 1-0, graças a um tento em ‘cima da hora’ do mexicano Herrera, decisivo para ‘roubar’ o ‘penta’ aos ‘encarnados’.

Na temporada seguinte, o FC Porto venceu o jogo da Taça da Liga, mas perdeu os dois do campeonato, por 1-0 na Luz, ‘culpa’ de Seferovic, e por 2-1 no Dragão, resultado que tirou Conceição da liderança e lá colocou Bruno Lage, rumo à ‘reconquista’.

Os ‘dragões’ ainda marcaram primeiro, por intermédio do espanhol Adrián López, mas o ex-portista João Félix restabeleceu a igualdade, ainda na etapa inicial, e, na segunda parte, Rafa bateu pela segunda vez Casillas, assistido por Pizzi.

Na presente temporada, Sérgio Conceição respondeu da ‘mesma moeda’, com dois triunfos na I Liga, por 2-0 na Luz, com tentos de Zé Luís e Marega, e por 3-2 no Dragão, em mais um jogo decisivo para o título, pois o FC Porto chegou com sete pontos de atraso.

Sérgio Oliveira, Alex Telles, de grande penalidade, e Vlachodimos, na própria baliza, apontaram os tentos dos portistas, enquanto Vinícius, o melhor marcador da I Liga 2019/20, ‘bisou’ para os ‘encarnados’.

Sérgio Conceição tem um registo positivo ao comando do FC Porto e também à frente do Sporting de Braga, já que, em 2014/15, venceu dois jogos e perdeu um.

Apesar de liderar por portistas e bracarenses, em termos globais, o técnico bicampeão ainda perde no total de todos os jogos com o Benfica, face à clara desvantagem enquanto técnico de Olhanense, Académica e Vitória de Guimarães.

No total, e em vésperas de defrontar pela 18.ª vez o Benfica, o ex-internacional luso soma seis vitórias, dois empates e nove derrotas, com 15-22 em golos.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página