loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Covid-19: Angola regista mais três mortes e 31 novos casos

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Angola registou mais três mortos e 31 casos novos do novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo divulgaram hoje as autoridades de saúde.
Covid-19: Angola regista mais três mortes e 31 novos casos

Em conferência de imprensa, em Luanda, o secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda, disse que se registaram também 94 recuperados da doença. Com estes números, o país soma agora 1.109 infetados, 51 óbitos, 395 recuperados e 663 casos ativos.

Os novos casos têm idades compreendidas entre 16 e 83 anos e são oriundos, a maior parte (28), da província de Luanda. Os três restantes são casos isolados em Cabinda, Uíge e Lunda Norte.

"A boa notícia é a recuperação, pela primeira vez, de 94 pessoas nas últimas 24 horas", um recorde, segundo as autoridades de saúde, explicou o secretário de Estado angolano.

Em África, há 18.884 mortos confirmados em quase 893 mil infetados em 54 países, de acordo com as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

Além de Angola, entre os países africanos que têm o português como língua oficial, Cabo Verde lidera em número de casos (2.418 casos e 23 mortos), seguido da Guiné Equatorial (2.350 casos e 51 mortos), Guiné-Bissau (1.981 casos e 26 mortos), Moçambique (1.808 casos e 11 mortos) e São Tomé e Príncipe (868 casos e 15 mortos).

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo número de infetados e de mortos (mais de 2,5 milhões de casos e 90.134 óbitos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 667 mil mortos e infetou mais de 17 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página