loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

V. Guimarães: Tiago Mendes espera jogo «diferente» do anterior, com Rio Ave «difícil»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O treinador do Vitória de Guimarães, Tiago Mendes, afirmou hoje que o jogo com o Rio Ave, da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol, vai ser "diferente" do anterior, perante um adversário "difícil" e "competente".
V. Guimarães: Tiago Mendes espera jogo «diferente» do anterior, com Rio Ave «difícil»

Na jornada inaugural, a turma vimaranense perdeu em casa com o Belenenses SAD (1-0), num desafio em que teve mais tempo a bola, mas ‘esbarrou' na organização defensiva adversária, mas o técnico de 39 anos antecipou que a partida de domingo, em Vila do Conde, vai ser mais dividida, com os dois conjuntos a terem iniciativa atacante.

"O que precisamos de levar para este jogo é diferente do que tivemos de levar para o outro jogo, mas com o mesmo objetivo: amealhar pontos e tentar ganhar. O Rio Ave quererá ter bola e vai jogar o jogo pelo jogo. Vai-nos obrigar a ser trabalhadores, com bola e sem bola", disse, na conferência de antevisão ao encontro, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.

Tiago Mendes congratulou o Rio Ave pela passagem ao ‘play-off' de acesso à fase de grupos da Liga Europa, garantida na quinta-feira, no desempate por grandes penalidades frente aos turcos do Besiktas, após o 1-1 nos 120 minutos de jogo, e antecipou que a formação treinada por Mário Silva vai proporcionar um "jogo complicado", ainda para mais num estádio influenciado pelo vento.

"O Rio Ave é uma equipa ‘supercompetente’, que, há muitos anos, mantém uma espinha dorsal, que tem feito grandes ligas nos últimos anos. Esperamos um jogo complicado e difícil, num estádio também complicado. Vamos ver quais as condições do vento. Nós conhecemos, mas alguns dos nossos jogadores ainda não conhecem", disse.

A turma vila-condense vai decidir o acesso à fase de grupos da Liga Europa na quinta-feira, frente aos italianos do AC Milan, mas o ‘timoneiro' dos minhotos rejeitou que esse compromisso possa diminuir o "foco" do opositor para o jogo de domingo.

Convicto de que houve uma "parte positiva" no rendimento apresentado frente ao Belenenses SAD, o treinador reconheceu que o plantel necessita, sobretudo, de "tempo" para ganhar "dinâmicas e comportamentos" mais automatizados, algo que, a seu ver, falhou na primeira jornada.

Tiago Mendes frisou também que os jogadores vitorianos precisam de "crescer em termos de mentalidade e de exigência no dia a dia", procurando ser cada vez melhores e fazer os companheiros de equipa também melhores.

Questionado ainda sobre a eventual necessidade de reduzir o tamanho do grupo às suas ordens, neste momento com 33 atletas, Tiago Mendes assumiu já ter discutido o assunto com o presidente da administração da SAD, Miguel Pinto Lisboa, e com o diretor desportivo, Carlos Freitas, mas recusou esclarecer qual a sua opinião.

O Vitória de Guimarães, 12.º classificado da I Liga, sem pontos, defronta o Rio Ave, 11.º, com um, em partida da segunda jornada, agendada para as 21:00 de domingo, no Estádio do Rio Ave, em Vila do Conde, com arbitragem de Tiago Martins, da Associação de Futebol de Lisboa.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página