loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Farense: Sérgio Vieira espera equipa em evolução e com a mesma atitude

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O treinador do Farense espera, na receção de domingo ao Nacional, no Estádio Algarve, uma equipa em “evolução”, mas com a "mesma atitude" exibida no primeiro jogo da I Liga.
Farense: Sérgio Vieira espera equipa em evolução e com a mesma atitude

"Esperamos que haja evolução, que façamos um jogo melhor ainda do que o que fizemos [na primeira jornada], mais organizados, mais eficazes, mais seguros, sem conceder situações ao adversário e com a mesma atitude que tivemos no momento ofensivo com bola, com grande dinâmica, a criar situações de finalização e a marcar", afirmou o técnico, em conferência de imprensa de antevisão à partida da segunda jornada, realizada no Estádio de São Luís.

Depois de uma derrota, na ronda inaugural, frente ao Moreirense (2-0), a equipa "tem mais uma semana de trabalho ‘em cima', que equivale a treinos, palestras, análises, conversas e reflexões em conjunto", mas o foco esteve mais no setor defensivo, onde se notaram erros individuais e coletivos.

"A nós, preocupa-nos sempre o todo - todos os momentos de jogo são alvo da nossa análise e preparação -, mas, naturalmente, por aquilo que aconteceu no primeiro jogo, trabalhámos esse momento defensivo. Voltámos a relembrar e reforçar questões individuais, e a organização coletiva, para que no jogo essas falhas não voltem a acontecer", apontou Sérgio Vieira.

O técnico dos algarvios não espera facilidades face ao Nacional, que, "historicamente, é uma equipa de I Liga e, nos últimos anos, tem registo de participações europeias".

"Vamos encontrar uma equipa que se reforçou bem e que fez um bom jogo frente ao Boavista [empate 3-3, no Funchal]. Apesar de terem existido algumas falhas do ponto de vista defensivo, conseguiram fazer três golos e demonstraram ser uma equipa muito forte no processo ofensivo", acrescentou.

Com o relvado do Estádio de São Luís ainda em tratamento, e várias obras em curso no recinto, a equipa tem de mudar-se temporariamente para o Estádio Algarve - onde fará pelo menos mais um jogo -, notando-se as diferenças entre os dois recintos.

"O São Luís é a nossa casa, é com este campo que estamos identificados. Com o espaço, com o terreno de jogo, com as bancadas. Mas, tudo faremos para nos abstrairmos desse fator e focar-nos no nosso desempenho", referiu Sérgio Vieira.

A claque South Side Boys marcou, entretanto, para domingo, uma concentração junto ao hotel de Faro, onde o Farense vai pernoitar, para acompanhar a saída da equipa para o estádio, pedindo aos adeptos que se vistam a rigor com camisolas e cachecóis.

"O apoio dos adeptos é uma coisa fantástica. Os adeptos do Farense são especiais, demonstram uma paixão do primeiro ao último segundo dos jogos. É com essa energia forte e paixão pelo clube que temos de encarar o jogo, para lutarmos muito e conseguirmos o objetivo", finalizou o treinador do Farense.

A antevisão da partida contou também com a participação do guarda-redes internacional angolano Hugo Marques, que aos 34 anos, frente ao Moreirense, estreou-se oficialmente na I Liga depois de o titular Rafael Defendi ter sido expulso.

"Foi um misto de emoções. Não estava à espera, não me queria estrear assim. Foi bom estrear-me, mas o resultado não foi o melhor. Há ainda muitos jogadores novos, a conhecer a realidade do clube", referiu, confessando um "sentimento de injustiça" do plantel pelo resultado depois de uma primeira parte positiva.

O jogador lamentou o facto de não ter adeptos no estádio e deixou um ‘recado' aos clubes ‘grandes' portugueses.

"É triste. Estou aqui há quatro anos e as minhas melhores memórias são com eles [os adeptos] lá dentro. Temos uma esperança de que os clubes ‘grandes' lutem por todos, que lutem pelos ‘pequenos' para termos adeptos nos estádios, pelo menos com metade da lotação", afirmou.

Farense e Nacional defrontam-se no domingo, no Estádio Algarve, a partir das 15:30, com arbitragem de Gustavo Correia (Porto).

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página