loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

LE: Sporting goleado em casa, Rio Ave afastado de forma cruel pelo AC Milan

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Sporting e Rio Ave falharam hoje o acesso à fase de grupos da Liga Europa de futebol, de forma cruel no caso vila-condense, que esteve a segundos de vencer no prolongamento e desperdiçou três possibilidades de resolver nos penáltis.
LE: Sporting goleado em casa, Rio Ave afastado de forma cruel pelo AC Milan

No ‘play-off’, o Rio Ave empatou 2-2 com o AC Milan em Vila do Conde após prolongamento - 1-1 no tempo regulamentar – e depois perdeu em quase infindável série de penáltis, enquanto o Sporting foi goleado em casa 4-1 pelo Lask da Áustria.

Frente ao sete vezes campeão da Europa, a equipa de Mário Silva ficou em desvantagem aos 51, com remate à entrada da área do belga Aléxis Saelemaekers, que estava sem marcação.

O empate surgiu aos 72 minutos, em jogada de ataque rápida concluída com ‘disparo’ de Francisco Geraldes já na área.

No prolongamento, logo nos instantes iniciais, Gelson Dala ‘combinou’ com defesa contrário e surgiu na área pela esquerda, rematando cruzado para o 2-1, porém, a cinco segundos dos 120, o croata Toni Borevković cortou lance com a mão e cometeu penálti que Hakan Çalhanoğlu converteu.

Monte podia ter resolvido nos penáltis, não fosse a bola bater nos dois postes e sair, o guarda-redes Kieszek fez o mesmo que o seu homólogo e atirou para as nuvens e depois foi Francisco Geraldes a atirar ao poste, quando também podia dar o apuramento ao Rio Ave.

Os ‘leões’ foram goleados em casa pelos austríacos do Lask (1-4), com o central uruguaio Coates expulso aos 63 minutos, numa altura e que a equipa já estava em desvantagem (1-2).

No estádio José Alvalade, o defesa Trauner adiantou os austríacos antes do jovem Tiago Tomás (42) empatar: o LASK Linz voltou para a frente do marcador por Raguz (58) e ampliou para 3-1 aos 65, por Michorl, três minutos antes de Gruber fazer o resultado final.

Esta foi a primeira derrota do Sporting em Alvalade desde que Rúben Amorim é o treinador, entrando logo para o top 5 dos maiores desaires caseiros na UEFA.

Excetuando a temporada em que não participou nas competições europeias, desde 2005/06 que os ‘leões’ não eram afastados das competições europeias tão cedo.

O Tottenham de José Mourinho 'esmagou' os israelitas do Maccabi Haifa por 7-2, com bis de Harry Kane e do argentino Lo Celso.

Também no caminho dos campeões, o central Ângelo foi impotente para impedir que o Ararat-Armenia fosse afastado pelos sérvios do Estrela Vermelha, com 1-2 em jogo disputado no Chipre devido ao conflito armado com o Azerbaijão por causa de Nagorno-Karabakh.

Patrick Andrade marcou, aos 50 minutos, o primeiro golo da surpreendente vitória do Qarabaq, do Azerbaijão, por 3-0 na Polónia em casa do Légia Varsóvia de Rafael Lopes.

O KuPS de Nuno Tomás também ficou pelo caminho, neste caso com derrota por 3-1 na Roménia frente ao Cluj.

No caminho principal, Tiago Rodrigues foi o herói da reviravolta do CSKA Sofia, da Bulgária, na Suíça frente ao Basileia (1-3), que se adiantou aos 54 minutos em penálti do brasileiro Arthur Cabral.

Tiago Rodrigues saiu do banco, aos 59 minutos, e empatou, aos 72 ,depois de passar por entre dois contrários e rematar de fora da área: aos 88, de livre, que desviou na barreira, consumou a reviravolta, confirmada já aos 90+6, com tento de Ahmedov.

André Simões ajudou, com ‘bomba’ a mais de 30 metros, na reação do AEK de Atenas contra o Wolfsburgo, que se adiantou aos 45+1 com tento de Mehmedi, depois de Mantalos falhar um penálti para os helénicos, logo aos 20 minutos.

O luso igualou, aos 64, e, aos 90+4, o iraniano Karim Ansarifard, que minutos antes substituira Nelson Oliveira, consumou, em contra-ataque, a reviravolta e confirmou a passagem da sua equipa.

Josué marcou, de penálti, aos quatro minutos, o único golo com que os israelitas do Hapoel Beer-Sheva se impuseram aos checos do Viktoria Plzen, com os anfitriões a contarem ainda com o defesa Miguel Vítor no 'onze'.

Rui Silva e Domingos Duarte ajudaram o Granada a impor-se por 3-1 em casa dos suecos do Malmo, enquanto Petro Tiba também foi titular nos polacos do Lech Poznan, que se impôs por 2-1 na Bélgica em casa do Charleroi, que falhou um penálti.

Bruma não chegou a sair do banco do PSV Eindhoven, contudo os holandeses ganharam por 2-0 em casa dos noruegueses do Rosenborg.

João Escoval entrou, aos 83 minutos, para ajudar os croatas do Rijeka a manter a vantagem de 1-0 em casa dos dinamarqueses do Copenhaga, afastados com um autogolo do lateral-direito Ankersen, aos 20 minutos.

No lado dos que não foram bem-sucedidos, o APOEL cipriota de Miguel Silva, Geraldes e Artur Jorge ficou pelo caminho na República Checa, depois de perder por 1-0 em casa do Slovan Liberec, com golo, aos 90+5, do guineense Youssouf Mara.

Nos restantes jogos, destaque para o triunfo do Rangers por 2-1 sobre o Galatasaray.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página