loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

LC: FC Porto continua sem vitórias em Inglaterra, após 21 jogos

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O FC Porto deslocou-se hoje a Inglaterra pela 21.ª vez na sua história nas competições europeias de futebol, em dia de 400.º capítulo, e ainda não foi desta que conseguiu a primeira vitória.
LC: FC Porto continua sem vitórias em Inglaterra, após 21 jogos

Depois de sete jogos e mais de 640 minutos sem conseguir sequer qualquer golo, o conjunto ‘azul e branco’ ainda se adiantou no Etihad, perante o Manchester City, na estreia na Liga dos Campeões, mas, pela 18.ª vez, acabou derrotado.

O colombiano Luis Díaz trouxe esperança aos portistas, com um golo aos 14 minutos, mas o argentino Sergio Agüero, aos 20, de grande penalidade, o alemão Gündogan, aos 65, de livre direto, e o espanhol Ferrán Torres, aos 73, selaram a reviravolta.

Feitas as contas, o FC Porto soma agora três empates e 18 derrotas em 21 deslocações a Inglaterra, com 11 golos marcados e 54 sofridos. Sérgio Conceição queria acabar com o que chamou de ‘maldição’, mas ainda não foi desta.

Em Inglaterra, os ‘dragões’ só não perderam em duas visitas a Old Trafford, face ao Manchester United, ao empatarem a um em 2003/04 e a dois em 2008/09, e uma em Anfield Road, onde empataram a zero em 2017/18.

As primeiras seis visitas redundaram em outros tantos desaires, com Newcastle (0-1 em 1969/70), Wolverhampton (1-3 em 1974/75), Manchester United (2-5 em 1977/78 e 0-4 em 1996/97), Tottenham (1-3 em 1991/92) e Liverpool (0-2 em 2000/01).

Em 2003/04, um golo de Costinha, em ‘cima’ dos 90 minutos, selou o primeiro empate (1-1), face ao Manchester United, que valeu o apuramento para os quartos de final da Liga dos Campeões, já que os ‘dragões’ haviam triunfado em casa por 2-1.

Se hoje o FC Porto se pode queixar de que o penálti que deu origem ao 1-1 foi precedido de uma falta de Güngodan sobre Marchesín, então o United bem se pode queixar da anulação de um golo limpo a Scholes, que era o 2-0. Erros que ficam na história.

Depois dessa igualdade, o FC Porto voltou aos desaires, somando mais cinco consecutivos, face a Chelsea (1-3 em 2004/05 e 1-2 em 2006/07), Arsenal (0-2 em 2006/07 e 0-4 em 2008/09) e Liverpool (1-4 em 2007/08).

O segundo empate chegou em 2008/09, de novo em Old Trafford, face aos ‘red devils’, graças a mais um golo ‘tardio’, de Mariano González, aos 89 minutos, depois de Wayne Rooney e Carlos Tevez darem a volta ao tento inaugural de Cristián Rodríguez.

Ao contrário do resultado de 2003/04, este acabou por nada valer, já que na segunda mão, no Dragão, um ‘golão’ de Cristiano Ronaldo, do ‘meio da rua’, qualificou os ingleses (0-1).

Voltaram, depois, as derrotas, com Chelsea (0-1 em 2009/10 e 0-2 em 2015/16), Arsenal (0-5 em 2009/10), Manchester City (0-4 em 2011/12), e Leicester (0-1 em 2016/17).

Em 2017/18, o FC Porto somou, sem marcar, o terceiro empate em solo inglês, nos ‘oitavos’ da ‘Champions’, embora depois de um 5-0 do Liverpool em pleno no Dragão. Em 2018/19, os ‘reds’ venceram por 2-0, nos ‘quartos’ – também ganharam no Porto (4-1).

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página