loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

ll Liga: Académico de Viseu estreia-se a ganhar e agrava ciclo negativo do Benfica B

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Académico de Viseu venceu hoje, no Seixal, o Benfica B, por 1-0, em jogo da sétima jornada da II Liga de futebol, partida em que os beirões se estrearam a ganhar e confirmaram o mau momento das ‘águias’.
ll Liga: Académico de Viseu estreia-se a ganhar e agrava ciclo negativo do Benfica B

Na partida em que Pedro Duarte se estreou como treinador do Académico – substituiu Sérgio Boris –, o avançado Paul Ayongo fez ainda na primeira parte o golo que ditou o desaire do Benfica B, que somou a quinta derrota consecutiva na prova, e permitiu aos viseenses deixarem o último lugar da classificação.

Com três oportunidades de golo no primeiro tempo, duas para o Benfica e uma para o Académico, os beirões foram mais eficazes e chegaram ao intervalo a vencer por 1-0. Por culpa própria, as ‘águias’ não se colocaram em vantagem aos 10 minutos, porque Kevin Csoboth rematou sobre a trave, sem oposição no interior da área de baliza.

Aos 26 minutos, após canto cobrado por André Carvalhas, os viseenses chegaram ao golo num lance em que a defesa benfiquista foi passiva ao permitir que o ganês Paul Ayongo, numa entrada fulgurante de cabeça, inaugurasse o marcador.

Em desvantagem no marcador, os comandados de Renato Paiva reagiram, mas o mais perto que estiveram de repor a igualdade foi aos 38 minutos, quando Tiago Araújo cruzou na esquerda e acertou na trave da baliza de Janota.

No segundo tempo, o Benfica B entrou mais veloz nas transições ofensivas, enquanto o Académico de Viseu procurou explorar o contra-ataque. Todas as vezes em que as ‘águias’ chegaram à baliza contrária, o guarda-redes Janota conseguiu manter a baliza inviolável, segurando o primeiro êxito dos beirões na competição.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página