loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Sporting: Matheus Nunes renova até 2025 com cláusula de rescisão de 60 ME

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O futebolista Matheus Nunes renovou hoje o seu contrato com o Sporting até 2025, o qual passa a incorporar uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros (ME).

"É um orgulho imenso. Trabalhei durante toda a minha vida para chegar a este momento, com a ajuda dos meus pais e das pessoas à minha volta. Nunca desisti, houve momentos muito difíceis, como toda a gente tem, mas acho que a minha persistência vai valendo a pena à medida que o tempo passa", disse o jovem médio brasileiro, de 22 anos, em declarações ao 'site' do clube.

Formado no Ericeirense, Matheus Nunes transferiu-se para o Estoril Praia no início da temporada 2018/2019, passando a jogar na equipa de sub-23, na qual se manteve até meio da época, altura em que ingressou no Sporting na 'janela' do mercado de inverno.

Em Alvalade, passou a integrar a equipa de sub-23, mas, na fase final da época 2019/20, fruto das suas boas exibições, Rúben Amorim promoveu a sua subida ao plantel principal.

"Foi a oportunidade que o 'mister' me deu e o facto de eu ter aproveitado no momento certo, sempre com a minha família a apoiar-me, tal como os amigos. Acho que a renovação do contrato resulta de um conjunto de coisas ao mesmo tempo, e não só pelo facto de jogar bem e corresponder às expectativas", referiu Matheus Nunes.

No entanto, apesar de reconhecer que não esperava atingir este nível tão rapidamente, promete aos adeptos 'leoninos' "dar tudo por eles, treinar, jogar o máximo de jogos possível, ajudar a equipa a atingir objetivos e, se possível, conquistar muitos títulos pelo Sporting".

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página