loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Benfica/Eleições: Noronha Lopes apela ao voto e pede transparência no ato eleitoral

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

João Noronha Lopes, candidato à presidência do Benfica, exerceu hoje o direito de voto nas eleições do clube lisboeta, apelando a que todos os benfiquistas também o façam e exigindo um ato eleitoral «transparente».
Benfica/Eleições: Noronha Lopes apela ao voto e pede transparência no ato eleitoral

"Desejo que hoje seja um dia de grande democracia, como é apanágio do Benfica. Como podemos ver, há uma grande mobilização e faço um apelo a todos os benfiquistas para que, até às 22:00, venham votar. Nunca nos últimos anos foi tão importante votar numas eleições do Benfica. Estamos a um dia de mudar o destino do Benfica e nunca estivemos tão perto", garantiu o líder da lista B.

Questionado sobre a contagem dos votos, João Noronha Lopes exigiu que seja feita uma contagem dos votos físicos depositados nas urnas e deixou um apelo a que seja respeitada a "tradição democrática" do clube.

"Temos dirigido um conjunto de perguntas construtivas ao presidente da Mesa da Assembleia Geral [MAG], nomeadamente, quanto ao voto eletrónico, que ainda não foram respondidas. Quanto ao voto físico, espero que o presidente da MAG tenha em conta que é muito importante que o voto físico seja também contado. As urnas têm de ser abertas, o voto físico tem de ser contado e os meus delegados não sairão de junto das urnas até que o voto físico seja contado. Esta tem de ser uma eleição democrática e em que se sigam os valores e a tradição democrática do Benfica", pediu.

O candidato disse ainda que, "em circunstâncias normais", o Benfica hoje terá um presidente, não excluindo a possibilidade de contestar os resultados, caso a sua candidatura identifique alguma irregularidade.

João Noronha Lopes elogiou a manifestação de benfiquismo dos 8.701 sócios das ‘águias' que, por esta altura, já exerceram o direito de voto e deixou críticas à ausência de debate que marcou a campanha para estas eleições.

"Não percebo a ausência de debates entre candidatos, não entendo a falta de cobertura da BTV destas eleições, além de ter havido candidatos que nem sequer se dignaram a responder às questões dos sócios. Mas tudo isso é passado, pois hoje é o primeiro dia de um novo Benfica, com mais igualdade e um Benfica mais democrático e mais transparente", afirmou Noronha Lopes.

Caso seja eleito presidente, o gestor revelou que a primeira medida será "falar com as pessoas" e disse contar com Rui Costa e Jorge Jesus.

"O Rui Costa é uma grande referência, uma pessoa que admiro muito e claro que falarei com ele. Quanto a Jorge Jesus, é o treinador do Benfica e será o meu treinador. Criarei as condições para que ganhe mais, sobretudo internacionalmente", concluiu Noronha Lopes.

O Benfica elege hoje o novo presidente do clube, numas eleições em que Luís Filipe Vieira se candidata a um sexto mandato, frente a João Noronha Lopes e Rui Gomes da Silva.

As eleições, que decorrem no Pavilhão n.º 2 do Estádio da Luz, em Lisboa, entre as 08:00 e as 22:00, e em 24 casas do clube, vão definir os órgãos sociais para o quadriénio de 2020/2024, e estão entre as mais concorridas de sempre.

Hoje, os benfiquistas vão escolher entre a lista A de Luís Filipe Vieira, de 71 anos, o presidente em exercício e a pessoa com mais tempo na liderança do Benfica, há 17 anos, desde 2003, e os antigos vice-presidentes Noronha Lopes e Rui Gomes da Silva.

O sufrágio de hoje - que manterá Luís Filipe Vieira como 33.º presidente ou elegerá um 34.º, entre Noronha Lopes e Gomes da Silva - será feito por voto eletrónico, num ato antecipado em dois dias, devido à proibição de circulação de pessoas entre concelhos, como medida de combate à pandemia de covid-19.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página