loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

FC Porto: «Jogo com o Paços de Ferreira será dos mais difíceis», adverte Sérgio Conceição

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Sérgio Conceição antecipou hoje que o jogo de sexta-feira em Paços de Ferreira, da sexta jornada da I Liga portuguesa de futebol, será «um dos mais difíceis» para o FC Porto.

"Em termos teóricos e práticos é dos jogos mais difíceis que vamos ter. É um campo difícil e uma equipa muito organizada. O Pepa [técnico do Paços de Ferreira] tem feito um excelente trabalho e a cada ano que passa está mais treinador", analisou Sérgio Conceição.

O técnico dos ‘dragões' reconheceu que "não houve muito tempo para preparar este jogo", e, embora frisando as qualidades do adversário, garantiu um FC Porto que vai "arranjar soluções para ganhar" o desafio.

"Vamos apanhar um adversário de qualidade, muito forte a jogar no seu estádio. O seu treinador evidencia características competitivas e de boa organização. Não há grandes nomes, mas há uma equipa forte, que sabe o que faz. Cabe-nos encontrar a solução para ganhar o jogo", vincou o treinador portista.

A formação ‘azul e branca' caiu para o terceiro lugar do campeonato, depois de o Sporting ter vencido na quarta-feira o Gil Vicente, por 3-1, em partida em atraso da primeira jornada, mas Sérgio Conceição apontou a vontade do grupo em recuperar os pontos perdidos.

"As vitórias são sempre obrigatórias, mesmo que estivéssemos em primeiro. Temos de ir atrás dessa perda de pontos, que não estava na nossa ideia. Faltou-nos uma pontinha de sorte em alguns jogos, mas não me quero agarrar a isso. É não cometer os mesmos erros e temos de olhar para este jogo como uma final", sublinhou.

Questionado sobre se esta época tem mais soluções em comparação com as três temporadas anteriores, Sérgio Conceição preferiu lembrar as dificuldades financeiras que o clube tem vindo a superar nos últimos anos, desabafando que "nem tudo é uma maravilha".

"Tivemos jogadores de muitíssima qualidade, que foram mais valias para o clube. Estou aqui para potenciar jogadores, ganhar campeonatos, e entrar na Liga dos Campeões, para sermos uma solução para o clube. Agora, não podemos dizer com o estado de coisas a nível geral, no nosso país e do FC Porto, que está há três anos sob a alçada do fair-play financeiro, que tudo é uma maravilha", desabafou.

Sobre as eventuais renovações de contrato com o experiente defesa central Pepe e com o jovem médio Fábio Vieira, o treinador do FC Porto disse ainda não ter dados para as comentar.

"Não fui informado sobre quem ia renovar. Não sei quem será, não tive qualquer conversa com o presidente sobre isso. As renovações fazem parte da vontade do presidente e da administração", notou.

À margem da sua equipa e deste jogo com o Paços de Ferreira, Sérgio Conceição foi instado a comentar o aumento dos números da pandemia de covid-19 e o impacto que isso terá no futebol, partilhando "uma preocupação igual à de todos os portugueses".

"Preocupa-me este vírus tirar muitas vidas e complicar a vida às pessoas. Se vai parar ou não, se o público volta aos estádios ou não, não me cabe olhar para isso. Claro que gostava de ter público, foi reconfortante voltar a sentir pessoas nas bancadas. Mas não podemos dissociar o futebol desta pandemia. Estou esperançado que se encontre uma cura para contrariar este maldito vírus", partilhou o treinador do FC Porto.

Para este desafio com o Paços de Ferreira, Sérgio Conceição assumiu que o avançado colombiano Luis Díaz "está melhor [da recuperação de lesão] e poderá estar entre os convocados", algo que não acontecerá com o defesa Zaidu, a cumprir um jogo de castigo, por ter sido expulso na jornada anterior.

O FC Porto, terceiro classificado, com 10 pontos, desloca-se na sexta-feira ao terreno do Paços de Ferreira, 14.º, com cinco, em partida agendada para as 20:30, que terá arbitragem de Nuno Almeida, da Associação de Futebol do Algarve.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página