loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Síntese: Benfica impõe ‘lei do mais forte’ e soma segundo triunfo na Liga Europa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Benfica voltou hoje a mostrar 'credenciais' na Liga Europa de futebol e somou o segundo triunfo no grupo D, com Pizzi e Waldschmidt a capitalizarem a superioridade benfiquista diante do Standard de Liège.
Síntese: Benfica impõe ‘lei do mais forte’ e soma segundo triunfo na Liga Europa

Apoiados pelos cerca de 5.000 adeptos que puderam assistir ao encontro no Estádio da Luz, os 'encarnados' venceram por 3-0, mas só chegaram aos golos no segundo tempo, primeiro através de penáltis convertidos pelo médio e pelo avançado alemão, antes de o próprio internacional luso bisar e 'selar' o triunfo.

Depois da vitória em Poznan (4-2), o Benfica lidera o grupo D, com seis pontos, embora em igualdade com o próximo adversário na prova, os escoceses do Rangers, que venceu por 1-0 na receção aos polacos do Lech Poznan, graças a um tento do colombiano Alfredo Morelos, aos 68 minutos.

No grupo A, a Roma, treinada pelo português Paulo Fonseca, não conseguiu desfazer o nulo (0-0) perante o CSKA de Sófia, da mesma forma que Cluj e Young Boys se 'anularam' (1-1). Italianos e romenos somam quatro pontos, mais três do que suíços e búlgaros.

Na visita ao Granada, que contou com os portugueses Rui Silva e Domingos Duarte, o PAOK, comandado por Abel Ferreira, somou o segundo empate (0-0) no grupo E, naquela que poderá ter sido a despedida do técnico luso, quem tem sido apontado aos brasileiros do Palmeiras.

Os espanhóis lideram, com quatro pontos, mais um do que o PSV, que arrecadou o primeiro triunfo, por 2-1, na visita aos cipriotas do Omonia, que fizeram alinhar o médio português Vítor Gomes. O avançado Donyell Malen foi o grande destaque do jogo, ao anotar os dois golos dos holandeses.

Arsenal e Molde, ambos com seis pontos, voltaram a mostrar que são os principais candidatos a superar o grupo B. Os ingleses superaram o Dundalk por 3-0, com golos de Eddie Nketiah, Joe Willock e Nicolás Pepe, enquanto Ohi Omoijuanfo fez o único tento dos noruegueses na receção ao Rapid de Viena (1-0).

Uma semana depois de ter 'arrasado' o Nice (6-2), o Bayer Leverkusen foi surpreendido pelo Slavia de Praga no grupo C, perdendo por 1-0, com um golo de Peter Olayinka, o mesmo resultado com que o Nice bateu o Hapoel Beer Sheva - que teve os portugueses Miguel Vítor e Josué entre os titulares -, graças ao tento de Amine Gouiri. As quatro equipas somam todas três pontos.

O AZ Alkmaar venceu o Rijeka por 4-1 e lidera isolado o grupo F, com seis pontos, mais três do que Nápoles e Real Sociedad. Os napolitanos, com o internacional português Mário Rui no onze, superaram a visita ao País Basco, graças ao golo de Matteo Politano (1-0).

Os jogos da terceira jornada da fase de grupos da Liga Europa estão agendados para 05 de novembro.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página