loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Tondela: Pako Ayestarán convicto que terá a sua «oportunidade» ante o Sporting

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Pako Ayestarán manifestou-se hoje convicto que o Tondela saber aproveitar a “oportunidade” que terá para fazer um bom resultado frente ao Sporting, em jogo da sexta jornada da I Liga.

“Cada jogo é um teste, é um jogo perante uma grande equipa, mas estamos convencidos que teremos a nossa oportunidade e vamos tratar de a aproveitar”, assumiu Ayestarán, em conferência de imprensa.

Na antevisão ao jogo de domingo, marcado para o Estádio José Alvalade, em Lisboa, às 20:00, o técnico espanhol disse que o Tondela vai “tratar de fazer as coisas” da melhor forma possível, sabendo que perante um rival como o Sporting, a equipa tem de “estar a 100%”.

“Jogamos com uma grande equipa, um candidato crónico, todos os anos, a vencer o campeonato, e este é o melhor arranque nos últimos cinco anos, tem feito golos em todos os jogos”, elogiou.

No entender de Ayestarán, o Sporting “é uma equipa em forma e que está a jogar muito bem”, “trata de ter sempre iniciativa no jogo e é muito agressivo em toda a linha” e, neste sentido, disse saber que “vai ser um jogo muito difícil, mas em todos os jogos há oportunidades”.

O técnico admitiu que o seu plantel ainda “tem muito a melhorar”, mas considerou que “é sempre mais fácil corrigir erros a partir de uma vitória”, lembrando o triunfo por 1-0 conquistado em casa na jornada anterior, frente ao Portimonense.

“Sabemos que apesar da vitória fazemos coisas mal. Em todos os jogos há coisas positivas, mas também há negativas. Somos críticos connosco e reforçamos o que é positivo, mas sabemos que há muito a melhorar (…). A cada semana que passa estamos mais perto, mas precisamos de ter estabilidade no nosso rendimento e creio que ainda não o conseguimos”, considerou.

Sobre a estratégia a adotar frente ao Sporting, Ayestarán avisou que se disser estará já “a dar meio ponto ao rival”, mas adiantou que “perante duas equipas com iniciativa e agressividade, que pensam sempre em chegar à baliza ofensiva”, mais do que pensar em como atacar, primeiro, o Tondela tem de ser “capaz de parar o jogo” adversário.

“Os objetivos que temos trabalhado é de como, na medida do possível, impedir que eles façam o seu jogo e, a partir daí, aproveitar as suas debilidades, que todas as equipas têm, para, com as nossas mais valias, tentar ‘sacar’ algo no domingo”, em Lisboa, assumiu.

Ayestarán não pode contar para o desafio frente ao Sporting com Jota e Ruben Fonseca, infetados pelo novo coronavírus, que provoca a covid-19, nem com Ricardo Alves, que está com uma tendinite no tendão de Aquiles direito.

O Tondela, 13.º classificado, com cinco pontos, vai ao Estádio José Alvalade, pelas 20:00 de domingo, enfrentar o Sporting, no segundo lugar da tabela, com 13 pontos, em jogo a contar para a sexta jornada da I Liga de futebol.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página