loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Itália: Godín engrossa lista de internacionais uruguaios com teste positivo

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O internacional uruguaio Diego Godín teve um teste com resultado positivo ao novo coronavírus, engrossando o lote de jogadores do Uruguai infetados, entre os quais está o benfiquista Darwin Nuñez, anunciou hoje o Cagliari.
Itália: Godín engrossa lista de internacionais uruguaios com teste positivo

“O Cagliari informa que nos últimos testes efetuados, Diego Godín teve resultado positivo. O futebolista regressou ontem [quinta-feira] dos compromissos da seleção do Uruguai e não esteve em contacto com companheiros de equipa, tendo sido isolado”, indica o clube italiano, em comunicado.

Na mesma nota, o 10.º classificado da Série A, refere que Nahitan Nández, que também esteve na concentração da seleção sul-americana, teve um teste negativo, mas o clube, em concordância com a equipa médica, optou por excluir o médio do próximo jogo, a visita de sábado à Juventus.

A seleção do Uruguai, que disputou na última semana eliminatórias da qualificação sul-americana para o Mundial2020, tem vários jogadores com testes positivos ao novo coronavírus, entre os quais Darwin, Luis Suárez, Lucas Torreira, Matías Viña, Rodrigo Muñoz, Diego Rolán e Diego Rossi, além de outros membros do ‘staff’, incluindo o médico Alberto Pan.

A onda de infetados afetou vários clubes, sendo o Benfica um deles, com a ausência de Darwin, e no mesmo dia em que o clube ‘encarnado’ informou que também o médio alemão Julian Weigl teve um teste com resultado positivo ao novo coronavírus.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.360.914 mortos resultantes de mais de 56,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página