loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Taça de Portugal: Em dia sem surpresas, grandes aproveitam e 'rodaram' jogadores

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Os jogos de sábado da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol não proporcionaram qualquer eliminação dos clubes mais cotados, com FC Porto, Benfica e Sporting de Braga a aproveitar o dia para 'rodar' jogadores menos utilizados.
Taça de Portugal: Em dia sem surpresas, grandes aproveitam e 'rodaram' jogadores

Em vésperas de regressar aos jogos da Liga dos Campeões, o FC Porto foi ganhar a casa do Fabril, herdeiro da histórica CUF, e venceu por 2-0. No Benfica, Jorge Jesus prescindiu de todos os que estiveram nas seleções nacionais e venceu por 1-0 em Paredes, enquanto que o Sporting de Braga 'passou' na Trofa por 2-1, nos descontos.

No estádio Alfredo da Silva, no Lavradio, Sérgio Conceição só manteve três titulares e fez várias experiências na equipa, que chegou aos golos através de duas unidades que não costumam ser titulares - o espanhol Toni Martínez e o iraniano Taremi.

O espanhol estreou-se a marcar de ‘azul e branco’, aos 45+1 minutos, e o iraniano sentenciou, no início da segunda parte (51), já com o clube concentrado no próximo compromisso, que pode valer o apuramento para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

Em Paredes, Jesus 'arriscou' também muito e estreou na equipa nada menos que quatro jogadores: Helton Leite, João Ferreira, Tiago Araújo e Daniel dos Anjos.

Num jogo lento e de fraca qualidade, Samaris fez o único golo da noite aos 26 minutos, de cabeça, após um livre cobrado por Cervi.

Quem acabou por ter de sofrer mais foi o Sporting de Braga, vencedor do Trofense por 2-1, mas com o golo decisivo a aparecer nos tempos de desconto.

Os ‘arsenalistas’ não conseguiram tirar o melhor partido de jogarem contra um adversário reduzido a 10 desde os 65 minutos por expulsão de André Leão, vencendo com golos de Abel Ruiz (44) e Galeno (90+3). Alan Júnior, de grande penalidade, fez o golo da formação da casa, aos 50.

O Sporting, líder destacado do campeonato, só joga na segunda-feira, em Sacavém.

Até ao momento, a terceira eliminatória da Taça tem confirmado a 'lei do mais forte', havendo apenas a queda de uma equipa da I Liga - O Portimonense, derrotado na sexta-feira pela União de Leiria, por 1-0.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página