loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Francisco Neto: «Conhecíamos bem o poderio escocês»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações após o jogo Portugal – Escócia (1-0), da quinta jornada do grupo E da fase de qualificação para o Euro2021 de futebol feminino.
Francisco Neto: «Conhecíamos bem o poderio escocês»

“Conhecíamos bem o poderio escocês. Sabíamos que poderíamos surpreender ao apresentar uma estrutura ligeiramente diferente habitual. Sabíamos também que tínhamos de passar algum tempo sem bola. Fomos brilhantes.

A meio da primeira parte começámos nós a crescer no jogo. As jogadoras foram de uma solidariedade tremenda. Elas provaram que podemos contar com elas. Os portugueses podem estar orgulhosos da seleção nacional.

Faltou-nos em alguns momentos ter mais posse de bola. As jogadoras sabem disso. Porque isso permitiria não chegarmos tão cansados no final do jogo.

Manter a espinha dorsal da seleção tem sido fulcral. Temos 12 ou 13 jogadoras que têm presença permanente e depois começam a surgir jovens, que estamos a preparar, para estarem mais próximas, para estarem preparadas para o futuro.

O nosso foco agora é ganhar à Albânia. Não será um jogo fácil. Vamos amanhã [sábado] começar a preparar o jogo. Esse jogo será essencial para as contas finais do grupo.

Estas jogadoras são ambiciosas. Querem sempre mais. Neste momento o nosso sonho é no Europeu. Esse é o nosso patamar. Precisamos também crescer no ‘ranking’ para poder figurar num outro pote no sorteio”.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página