loading

Procurador pede 15 anos de prisão para adepto russo que agrediu inglês no Euro 2016

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

O procurador francês Christophe Raffin pediu hoje 15 anos de prisão para um dos adeptos russos que agrediram um inglês e o deixaram incapacitado, em junho de 2016, antes do jogo Inglaterra-Rússia, do Europeu 2016 de futebol, em França.

Procurador pede 15 anos de prisão para adepto russo que agrediu inglês no Euro 2016

Na sessão de julgamento no tribunal de Bouches-du-Rhône, a acusação pediu “a pena máxima legal” num caso de agressão voluntária que resulte em incapacidade permanente para Pavel Kossov, autor do murro que derrubou Andrew Bache, durante os confrontos entre adeptos russos e ingleses no porto velho de Marselha.

Em relação a Mikhail Ivkine, acusado de ter arremessado uma cadeira contra a vítima, o procurador Christophe Raffin pediu uma pena suspensa não superior a cinco anos, salientando o “ato cobarde” dos dois cidadãos russos.

Andrew Bache, atualmente com 55 anos, ficou incapacitado para o resto da vida, depois de ter sofrido lesões no cérebro e num pulmão, além de várias fraturas, e não tem sequer memória de ter estado presente em França para assistir ao jogo entre as seleções de Inglaterra e Rússia, em 11 de junho de 2016.

Pavel Kossov e Mikhail Ivkine, ambos com 34 anos, foram os únicos elementos identificados entre o grupo de cinco adeptos que agrediram Andrew Bache. De resto, o médico Michel Blanc, que foi chamado a testemunhar na quinta-feira, disse acreditar que o principal dano em Andrew Bache foi causado por um desses elementos não identificados, o qual infligiu um soco na cabeça do inglês, quando este estava inconsciente no chão.

Kossov e Ivkine foram detidos em fevereiro de 2018, na Alemanha, quando iam assistir a um jogo do Spartak de Moscovo - clube do qual são adeptos - em Bilbau, em Espanha, e estão em prisão preventiva desde então.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página