loading
LIVESTREAM

LE: Benfica e Sporting de Braga em dificuldades para evitar cenário da época passada

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Benfica e Sporting de Braga têm hoje tarefas difíceis de inverter na Liga Europa de futebol, partindo em desvantagem para a segunda mão dos 16 avos de final, diante de Arsenal e Roma, respetivamente.
LE: Benfica e Sporting de Braga em dificuldades para evitar cenário da época passada

Uma semana depois do empate 1-1 no Olímpico de Roma, casa ‘emprestada’ devido à pandemia de covid-19, os ‘encarnados’ tentarão aproveitar o fator ‘neutro’ de Atenas, onde o Arsenal vai agora atuar como visitado, a partir das 17:55 (hora de Lisboa), e anular o golo marcado por Bukayo Saka, que confere vantagem aos ingleses na eliminatória.

Para evitar o que sucedeu na época passada, em que foi eliminado nesta fase da prova pelo Shakhtar Donetsk, o Benfica terá de vencer ou empatar com pelo menos dois golos para eliminar os londrinos e seguir para os oitavos de final da prova.

Com apenas três triunfos nos últimos 11 jogos oficiais, as ‘águias’ devem ‘agarrar-se’ a um histórico que indica que ultrapassaram as últimas quatro eliminatórias iniciadas com empates caseiros a um golo, uma deles precisamente face aos londrinos, em 1991/92, então na segunda eliminatória da Taça dos Campeões.

Na segunda mão da eliminatória europeia, o Olímpico de Roma vai voltar a receber uma equipa lusa, desta vez o Sporting de Braga (20:00), que chega à ‘cidade eterna’ em ‘apuros’, na sequência da derrota caseira averbada com os romanos (2-0), comandados pelo português Paulo Fonseca.

Os bracarenses, que, tal como o Benfica, também foram eliminados nos 16 avos na época passada, com o Rangers, terão de inverter a história europeia, tendo em conta que nunca conseguiram o apuramento após derrota caseira na primeira mão, situação que se verificou em seis ocasiões.

A representação lusa nos ‘oitavos’ parece, ainda assim, bem encaminhada através de outras ‘vias’, face à vantagem do Olympiacos, treinado por Pedro Martins, sobre o PSV (4-2 na primeira mão), e do Shakhtar Donetsk, de Luís Castro, perante o Maccabi Telavive (2-0), que poderão juntar-se ao já apurado Tottenham, de José Mourinho.

Programa da jornada:

Quinta-feira, 18 de Fevereiro de 2021
Dynamo Kyiv - Club Brugge, 1 - 1
Sp. Braga - Roma, 0 - 2
Real Sociedad - Man Utd, 0 - 4
Young Boys - Leverkusen, 4 - 3
Crvena Zvezda - Milan, 2 - 2
Olympiakos - PSV, 4 - 2
Wolfsberger AC - Tottenham, 1 - 4
FK Krasnodar - Dinamo Zagreb, 2 - 3
Slavia - Leicester, 0 - 0
Molde - 1899 Hoffenheim, 3 - 3
Antwerpen - Rangers, 3 - 4
Maccabi Tel Aviv - Shakhtar, 0 - 2
RB Salzburg - Villarreal, 0 - 2
Lille - Ajax, 1 - 2
Granada CF - Napoli, 2 - 0
Benfica - Arsenal, 1 - 1

Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021
Tottenham - Wolfsberger AC, 4 - 0

Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021
Villarreal - RB Salzburg, 2 - 1
1899 Hoffenheim - Molde, 0 - 2
Shakhtar - Maccabi Tel Aviv, 1 - 0
Rangers - Antwerpen, 5 - 2
Ajax - Lille, 2 - 1
Napoli - Granada CF, 2 - 1
Arsenal - Benfica, 3 - 2
PSV - Olympiakos, 2 - 1
Leverkusen - Young Boys, 0 - 2
Milan - Crvena Zvezda, 1 - 1
Dinamo Zagreb - FK Krasnodar, 1 - 0
Club Brugge - Dynamo Kyiv, 0 - 1
Man Utd - Real Sociedad, 0 - 0
Roma - Sp. Braga, 3 - 1
Leicester - Slavia, 0 - 2

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página