loading
LIVESTREAM

FC Porto: Sporting «é fácil de desmontar», mas é preciso ser «competente» - Sérgio Conceição

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Sérgio Conceição considerou hoje que «é fácil desmontar» a estratégia do Sporting, mas reconheceu que para isso o FC Porto tem de ser «competente» no jogo de sábado, da 21.ª jornada da I Liga de futebol.

O técnico dos ‘dragões' elogiou a forma como o conjunto lisboeta, que é líder do campeonato, se tem apresentado, com "pragmatismo e eficácia", falando de um adversário "que sabe o que quer dentro do jogo e é difícil de contrariar".

"A simplicidade, às vezes, é o mais difícil de executar no futebol. Olhamos para o Sporting e percebemos que é fácil de desmontar, mas temos de ser competentes para o saber fazer", disse Sérgio Conceição, em conferência de imprensa.

O treinador portista assumiu "a responsabilidade e o peso do jogo", tendo em conta que os ‘leões' têm uma vantagem de 10 pontos sobre o FC Porto, mas garantiu que tal não coloca pressão extra à sua equipa.

"Estamos habituados a jogar na Liga dos Campeões, com equipas poderosas, em jogos a eliminar. A pressão existe por representar um clube como este e está presente todos os dias. Acho que a pressão é boa, gostamos e sabemos utilizá-la. Mas isso não retira foco no trabalho e na preparação", garantiu Sérgio Conceição.

Questionado sobre se um deslize neste embate significará um revés irrecuperável nas ambições do FC Porto de revalidar o título nacional, o treinador dos ‘azuis e brancos' preferiu falar em "jogo muito importante".

"É um dos jogos que falta jogar contra um rival direto. Sabemos do seu peso, do momento atual e da distância que temos para o rival. É, sem dúvida, um jogo extremamente importante", disse o técnico.

Sérgio Conceição foi ainda confrontado com o facto do FC Porto ter, neste momento, mais sete jogos na época em relação ao Sporting, uma vez que os ‘leões' foram prematuramente afastados das competições europeias, mas não fez uma relação direta com a diferença pontual que separa os dois conjuntos na Liga.

"Temos uma densidade competitiva acima da média e isso pode explicar alguma falta de frescura da nossa equipa em certos jogos. Mas não é só isso que pode justificar o fosso de 10 pontos. O Sporting teve mais tempo para preparar algumas partidas, mas também há trabalho e competência do Rúben [Amorim] e dos seus jogadores", disse o treinador do FC Porto.

Ainda nesta antevisão ao ‘clássico’ de sábado, Sérgio Conceição recuperou o tema do tempo útil de jogo no campeonato nacional, lamentando que seja "um dos mais baixos da Europa".

"É algo cultural, e há um conjunto de situações em que o futebol português tem de melhorar. É preciso falar com toda a gente, para sermos mais competitivos. Não é só armar a polémica", disse Sérgio Conceição.

O técnico do FC Porto reagiu ainda a um dado estatístico revelado pelo Sporting, durante a semana, sobre o número de grandes penalidades assinaladas, esta época, a favor dos ‘dragões'.

"Na meia-final da Taça da Liga [frente ao Sporting] tivemos quatro faltas ofensivas em livres laterais ou frontais. Os jogadores caíram e o árbitro marcou falta, sendo que em dois dos lances, nem estava a olhar para essa zona. O Sporting está preocupado com os penáltis? Nós estamos com os gritos", atirou Sérgio Conceição.

O FC Porto, segundo classificado, com 44 pontos, recebe no sábado o Sporting, líder do campeonato, com 54, numa partida agendada para as 20:30, que terá arbitragem de João Pinheiro, da Associação de Futebol de Braga.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página