loading
LIVESTREAM

Crónica: Famalicão e Farense empatam em jogo equilibrado e com poucas oportunidades

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Famalicão e Farense empataram hoje sem golos, numa partida equilibrada, mas fraca em termos de oportunidades de golo, relativa à 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.
Crónica: Famalicão e Farense empatam em jogo equilibrado e com poucas oportunidades

Os famalicenses não perdem há três jogos e vinham para este encontro com o Farense de um importante triunfo em casa do Rio Ave (1-0), enquanto a equipa algarvia não perde há quatro jogos - três empates e uma vitória - e chegou a este jogo depois de empatar com o Benfica (0-0).

Numa partida de extrema importância entre duas equipas que lutam pela sobrevivência na I Liga, a primeira parte foi uma amostra muito pobre do que é necessário fazer para sair da zona dos 'aflitos'.

Aos oito minutos, Diogo Figueiras podia ter feito mais numa jogada de ataque da formação da casa, ao tentar o remate quando tinha companheiros em melhor posição para finalizar.

Os algarvios intensificaram a pressão e subiram no terreno, numa tentativa de incomodar o guardião Luiz Júnior. Ainda assim, com pouco sucesso.

O segundo tempo arrancou com a expulsão de André Pinto. O jogador do Farense 'atropelou' Alexandre Guedes ainda antes de entrar na área e viu o segundo amarelo, deixando os algarvios reduzidos a 10 jogadores.

Embora com menos um, o Farense não baixou os braços e, logo no minuto seguinte, criou uma situação de grande perigo, que quase acabava em golo. Após um arranque rápido de Gauld, a bola sobrou para Licá, que rematou cruzado a rasar a baliza de Luiz Júnior.

No entanto, em superioridade numérica, o Famalicão subiu no terreno e passou a jogar junto da área do adversário, que, por sua vez, criou uma verdadeira barreira defensiva.

Aos 70 minutos, Jhonata Robert tentou surpreender a defesa algarvia, no entanto, sem sucesso.

Jorge Costa foi obrigado a uma substituição forçada aos 75 minutos, quando Pedro Henrique, após sofrer uma falta, caiu mal e lesionou-se com gravidade no ombro, tendo mesmo que sair do relvado transportado por uma maca.

Apesar de tudo, o Farense não desistiu e, aos 83 minutos, quase surpreendeu outra vez. Lucca ganhou à defesa do Famalicão e isolou Licá, que atirou a rasar o poste.

Os últimos minutos foram de alta pressão do Famalicão junto da baliza de Defendi, no entanto, sem nunca representar grande perigo.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página