loading
LIVESTREAM

Jorge Jesus: «As vitórias é que moralizam as equipas»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações de Jorge Jesus após o jogo Benfica-Rio Ave (2-0), da 21.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, realizado hoje no Estádio da Luz, em Lisboa.
Jorge Jesus: «As vitórias é que moralizam as equipas»

“As vitórias é que moralizam as equipas. A equipa fez duas partes diferentes. Uma primeira parte mais equilibrada pela equipa do Rio Ave, onde tivemos mais dificuldades em criar situações de golo. Chegávamos com alguma facilidade à zona da decisão, mas depois não conseguíamos criar momentos de finalização.

Na segunda parte, tudo mudou, porque tivemos mais espaço e mais facilidade nas oportunidades de golo. Fizemos dois golos, mas tivemos quatro ou cinco oportunidades para fazer golo.

Fizemos uma segunda parte completamente diferente, por mérito da equipa, que está com mais pulmão e respira melhor, apesar de termos feito um jogo na quinta-feira na Grécia, que fisicamente deixou alguns jogadores fatigados, como o Rafa, o Diogo [Gonçalves] e o Grimaldo. É sempre importante ganhar e saímos deste jogo com uma vitória e um pouco mais moralizados.

Não é a vitória de hoje que nos tira da crise pontual e exibicional. Sabemos porque tivemos essa crise, mas agora estamos melhores e treinamos com mais intensidade. Não deixamos de estar numa classificação e pontuação que nos obriga a estar desconfiados.

Queria agradecer aos adeptos. Na nossa saída do Seixal, tivemos algumas dezenas de adeptos a acarinhar-nos, talvez foi aí que começámos a ganhar este jogo. A pouco e pouco, estamos a meter a cabeça de fora e isso faz-se com vitórias, dando confiança à equipa.

O Benfica tem três excelentes guarda-redes. Achei que era o momento de mexer com alguns jogadores que achava que poderiam melhorar, porque trabalho todos os dias com todos. Senti que o Helton estava melhor e apostei na entrada dele. Em todos os jogos que ele teve até agora esteve sempre bem, mesmo sofrendo três golos na Grécia. Em Faro, tirou um golo e hoje esteve muito bem nas duas primeiras finalizações que o Rio Ave teve na primeira parte. [Vlachodimos] Vai ter de esperar pela oportunidade, se surgir. Se não surgir, é bom sinal, sinal de que o Helton está bem.

Sentimos que a diferença é grande, mas acreditamos. Primeiro, temos de chegar ao segundo lugar e, depois, pensar se ainda podemos lá chegar ou não [à liderança]. Vai ser um final de campeonato muito intenso para todas as equipas e há muitas coisas para conquistar. Estamos dependentes de outros que estão à nossa frente. Se perderem pontos e nós ganharmos, ficamos mais próximos do primeiro lugar.”

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página