ESC ONLINE

Jorge Costa: «Isto vai ser uma luta até ao fim. Vou tentar ganhar esta luta»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações de Jorge Costa, treinador do Farense, após o jogo Marítimo–Farense (1-0), partida da 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputada no Estádio do Marítimo.
Jorge Costa: «Isto vai ser uma luta até ao fim. Vou tentar ganhar esta luta»

“Jogar bem é difícil num campo com uma relva extremamente alta, mesmo depois de regar, secou rápido, portanto, tivemos alguma dificuldade em circular a bola rápido.

Falo só do Farense. Tentámos jogar, tivemos um volume grande de jogo, tivemos oportunidades de golo, portanto, começo por dizer que hoje perdemos, principalmente, por culpa da nossa ineficácia, porque as oportunidades de golo que tivemos devíamos ter sido mais eficazes.

Isto vai ser uma luta até ao fim. Vou tentar ganhar esta luta, acima de tudo com muito respeito por aquilo que é a minha profissão, com muito respeito por toda a gente que está envolvida no futebol, que é a jogar.

No Farense não contem com antijogo, porque isso não vai acontecer.

[A quem é que se refere quando falou em antijogo]: Ao jogo de hoje. Há 15 dias, houve uma reunião com todos os treinadores promovida pela Liga, em que uma das grandes preocupações, nomeadamente do Sérgio Conceição, do Jorge Jesus e do Carlos Carvalhal, estamos a falar dos treinadores dos ‘grandes’, era o tempo útil de jogo. Somos o segundo pior país da Europa em termos de tempo de jogo útil.

Houve várias propostas, porque acho realmente que é uma das coisas que temos de melhorar.

Como treinador de uma equipa que não é considerada das ‘grandes’, partilho completamente essa preocupação. Deve-se fazer algo para que se possa no mínimo compensar o pouco que se joga no campeonato português."

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página