ESC ONLINE

Ricardo Soares: «Considero o resultado injusto, atendendo ao que as duas equipas fizeram»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações de Ricardo Soares após o Gil Vicente-Moreirense (1-2), jogo da 26.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio Cidade de Barcelos.
Ricardo Soares: «Considero o resultado injusto, atendendo ao que as duas equipas fizeram»

"Considero o resultado injusto, atendendo ao que as duas equipas fizeram. Mas o futebol é eficácia. Fizemos um jogo competente. Defendemos com qualidade. Tivemos sempre o controlo do jogo, mas, dois lances que nem chegam a ser perigosos, transformam-se em golos para o adversário. No primeiro, é a primeira vez que o Moreirense vai à nossa baliza. Já tínhamos criado oportunidades. A equipa manteve-se fiel ao processo de jogo e tivemos oportunidades para empatar.

Na segunda parte, entrámos bem e fizemos o golo. Depois, o jogo entrou numa fase mais partida que não me agradou. Fizemos substituições e voltámos a melhorar, mas, num lance inofensivo, voltámos a sofrer golo. Aí ficou difícil. O futebol é isto, mas há que pensar no próximo jogo.

Não estamos contentes com o resultado, porque esse é que é determinante para os objetivos finais. O futebol é assim. Hoje não fomos eficazes. No próximo jogo, se calhar permitimos mais oportunidades ao adversário e fazemos pontos. Quando jogamos bem, estamos mais perto de ganhar, mas nem sempre isso acontece. Mas é este processo que nos vai levar às vitórias. Esta é uma liga competitiva. Vai haver muito equilíbrio até ao final do campeonato. Vai haver sete ou oito equipas na luta pela manutenção. Somos uma delas. Vamos continuar a trabalhar.

Vimos as coisas de uma forma coletiva [a propósito dos erros que ditaram os golos do Moreirense]. Quem errou foi o treinador, porque escolheu uma estratégia que levou a que não ganhássemos o jogo. Cometemos 'pecados capitais', mas a responsabilidade é do treinador. Eu é que tenho de treinar estas ações para que os erros não aconteçam. Quem errou fomos todos. Temos de continuar a trabalhar para não cometer estes erros."

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página