ESC ONLINE

Sporting de Braga: Carlos Carvalhal promete uma equipa mais «reativa e agressiva»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Carlos Carvalhal disse hoje que o Sporting de Braga vai voltar a ser «reativo e agressivo» já na deslocação ao terreno do Rio Ave, no sábado, na 27.ª jornada da I Liga de futebol.
Sporting de Braga: Carlos Carvalhal promete uma equipa mais «reativa e agressiva»

Nas últimas quatro jornadas, o Sporting de Braga apenas ganhou um jogo (2-1, fora, ao Farense), no pior ciclo da temporada, e vem de um empate caseiro diante do Belenenses SAD (1-1), no fim do qual o técnico apontou a necessidade da equipa ser mais proativa.

Apesar disso, o treinador disse não estar preocupado com esta fase e frisou estar "extremamente satisfeito com os jogadores, com o clube e com o percurso feito até ao momento".

"São mais de 40 jogos, sempre a somar pontos e a seguir em frente nas diversas competições, podemos estar na esteira de fazer o melhor registo do Braga. Falta ainda muito campeonato, falta a final da Taça de Portugal, tivemos um percurso espetacular na Liga Europa e fomos à final da Taça da Liga. Numa maratona como esta, pode haver um ou ouro jogo menos conseguido", declarou na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Rio Ave.

O técnico notou, contudo, que há "aspetos a retificar", nomeadamente a "transição defensiva que tem que ser melhorada", e defendeu ser necessária "uma adaptação a um novo ciclo de jogos".

"Temos que transportar o que fazemos nos treinos para os jogos, é nisso que os jogadores têm que acreditar, estamos à espera a qualquer altura que isso aconteça. Vão voltar a ver um Braga ativo, reativo e agressivo", disse.

Carlos Carvalhal salientou esperar um jogo "de grande dificuldade, contra uma equipa boa, com capacidade, bons valores individuais, um bom treinador".

Carlos Carvalhal disse ainda que, apesar de "circunstancialmente não estar numa posição confortável", o Rio Ave é um "daqueles adversários que tem capacidade para estar mais em cima" na tabela.

Instado sobre algumas críticas ao eixo defensivo da equipa, Carlos Carvalhal notou que a equipa "joga no limite do risco, tem uma proposta de jogo muito ousada, de equipa grande", pelo que, por vezes, expõe-se a contra-ataques que colocam os defesas centrais em dificuldades.

"De outra forma, ninguém falaria nos centrais do Braga. Muitas vezes vemos bons centrais em equipas que jogam numa linha de quatro e quando vão para Benfica, FC Porto ou Sporting têm mais dificuldades, porque jogam mais à frente. Quando falham os equilíbrios à frente, quem sente muito isso são os defesas. Mas, no futebol, como na vida, todos dependemos uns dos outros e quando alguém falha no seu trabalho há um colega que vai levar com mais dificuldades", completou.

Questionado sobre a sua continuidade no próximo ano, o treinador respondeu: "Tenho mais um ano de contrato e estou a pensar cumpri-lo. São 10 milhões de euros para sair e o presidente não costuma facilitar?".

Sporting de Braga, quarto classificado, com 54 pontos, e Rio Ave, 12.º, com 28, defrontam-se a partir das 20:30 de sábado, no Estádio do Rio Ave, em Vila do Conde, jogo que será arbitrado por Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página