ESC ONLINE

FC Porto: Sérgio Conceição espera «jogo complicado» frente ao Nacional

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador do FC Porto desvalorizou hoje o último lugar ocupado pelo próximo adversário, o Nacional, na I Liga portuguesa de futebol, e defendeu que vai ser uma "partida complicada" na 27.ª jornada.

Sérgio Conceição salientou a competência das equipas e referiu que cada uma luta pelos seus objetivos e, no caso do Nacional, a luta pela manutenção dará o foco aos insulares.

"Qualquer jogo do campeonato é complicado. Do último classificado, que é o Nacional, para o 10.º há sete pontos de diferença, se não estou em erro. Faltam alguns jogos e a diferença não é muito grande. A dificuldade é sempre grande, as equipas são competentes. A nossa Liga é sempre difícil, jogar na Madeira é sempre complicado", frisou o técnico em conferência de imprensa.

Questionado sobre se seria fácil mudar o ‘chip' depois de duas semanas intensas de Liga dos Campeões, com campeonato pelo meio, Sérgio Conceição revelou que está atento a tudo.

"Percebemos que, à medida que caminhamos para fim, diminuem os jogos e a importância e o peso dos mesmos são grandes. Mas não olhamos de forma muito longínqua, mas para o próximo jogo. Tivemos o Tondela entre a eliminatória com o Chelsea e demos excelente resposta. Focamo-nos em cada treino e jogo para ganhar. O que se passou e o que há de vir não é a melhor forma de encarar cada jogo", explicou.

O treinador do FC Porto falou ainda das palavras de Pepe, em entrevista a um semanário, nas quais o central afirmou que gostava de ter sido orientado pelo técnico mais cedo na carreira.

"O que me saltou à vista foi isso, essa expressão curiosa que me deixou extremamente feliz, de que gostava de ter sido treinado por mim no auge da sua carreira, com 28 anos. Um jogador que ganhou três Ligas dos Campeões, que nessa altura estava no Real Madrid com os melhores do mundo. Isso é um elogio incrível", disse o treinador.

Sérgio Conceição acrescentou ainda: "Agradeço muito as palavras do Pepe. É dar uma moral bem grande. Um jogador que ganhou três ligas dos campeões que diz isso de mim e da minha equipa técnica. Que grande moral".

Na mesma entrevista, Pepe abordou ainda o calendário e os jogos do FC Porto duas vezes por semana, no entanto, o treinador portista contornou o tema.

"Tenho uma ideia bem definida sobre o calendário, da densidade de jogos, o tempo útil de jogo... cada equipa adapta-se aos jogos que tem pela frente. O calendário é o que é. Temos agora o objetivo de sermos muito competentes nestes oito jogos, principalmente no próximo, que é o mais importante", salientou o técnico.

O treinador dos ‘dragões' falou ainda de Taremi, que voltou aos golos, primeiro frente ao Tondela, depois com o Chelsea, com o pontapé de bicicleta que acabou por ser considerado o golo da semana na Liga dos Campeões.

"Agora deve estar supermotivado, até pelo ambiente que se cria à volta do Taremi. Mas nesses nove jogos que ele não marcou era o contrário e diziam para eu tirar o Taremi. Cada um olha para o futebol com os seus olhos, mas eu sou o treinador e tenho de escolher os jogadores para jogar. Nesses jogos em que ele não marcou, eu achava que ele tinha trabalhado o suficiente e bem para marcar. Depois, por curiosidade, nos dois jogos em que foi para o banco, marcou", disse.

Sérgio Conceição foi ainda questionado sobre se acreditava que o FC Porto ia ser campeão se vencesse os jogos que faltam da I Liga, mas lembrou que os ‘dragões’ não dependem de si próprios.

"Vamos fazer tudo para ganhar esses jogos, a começar já pelo de amanhã [domingo] que é extremamente difícil e importante para nós", referiu.

O FC Porto, segundo classificado, com 60 pontos, desloca-se este domingo à Madeira para defrontar, às 17:30, o Nacional, que está no último lugar, com 21, numa partida da 27.ª jornada da I Liga de futebol.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página