Sérgio Conceição: «Jogar aqui na Madeira, contra o Nacional ou o Marítimo nunca é fácil»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações de Sérgio Conceição após o jogo Nacional-FC Porto (0-1), da 27.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio da Madeira, no Funchal.

"Foi um jogo extremamente competitivo e temos de realçar a prestação do Nacional, uma equipa que precisa de pontos, num contexto extremamente difícil, com viagens pelo meio, a Sevilha e com dois jogos extremamente competitivos, como foram os da Liga dos Campeões, com um jogo com o Tondela pelo meio, onde também tivemos que dar uma resposta positiva, pois não podemos perder mais pontos. Temos e ir atrás do prejuízo e temos de fazer o nosso trabalho.

Jogar aqui na Madeira, contra o Nacional ou o Marítimo nunca é fácil, pelo clima e pelo relvado. Quis dar alguma continuidade aquilo que fizemos na Liga dos Campeões, mas não interpretámos bem aquilo que eu queria. Era preciso criar espaços e na primeira parte estivemos sempre muito presos e quando perdíamos a bola, o Nacional atacava sempre com perigo, porque nos faltava gente em zonas em que isso não pode acontecer. Fui tentando corrigir ao longo da primeira parte, mas o jogo foi sempre intranquilo e nunca esteve controlado.

Marcámos um golo e no final da primeira parte tivemos a possibilidade de fazer o 2-0 pelo Taremi, mas o Nacional também falhou um penálti e por isso não se estranharia que fossemos para o intervalo com o jogo empatado.

Na segunda parte houve menos oportunidades, de ambos os lados, com um jogo mais controlado da nossa parte. Era importante retificar uma ou outra situação, senão íamos sofrer. Julgo que melhorámos nesse capítulo. O jogo não foi espetacular, foi de muita luta e entrega. Agora é descansar e pensar no próximo, pois apesar de só estarmos nesta competição, não deixamos de ter vários jogos até ao final do campeonato e vamos no preparar da melhor forma, para encarar o campeonato, fortes e ganhar esses jogos.

O Grujic está num bom momento de forma. Teve o seu período de adaptação. Temos vários jogadores a um nível altíssimo e de qualidade. Mas é verdade que deu uma resposta muito positiva no último mês e contamos com ele.

Os jogos são todos difíceis, com equipas a lutarem por objetivos diferentes e até final todos os pontos são importantes, não diria que decisivos, mas quase. O nosso campeonato, em termos de competitividade está melhor, com equipas e jogadores com qualidade e os pontos são todos difíceis de conquistar. Sabemos aquele que foi o nosso passado recente de desgaste e quando jogamos com equipas que ocupam um espaço diferente em termos defensivos é preciso estar bem a todos os níveis para encontrar espaços e criar dificuldades ao adversário e por vezes isso não é fácil. Não me espanta se até final, as equipas que lutam pelo título, perderem pontos".

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página