ESC ONLINE

Superliga: Federação alemã também defende exclusão dos clubes das competições

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

A Federação alemã de futebol (DFB) pediu hoje a exclusão de todas as competições dos 12 clubes fundadores da Superliga, cuja criação foi anunciada no domingo e que integra alguns dos mais importantes clubes europeus.
Superliga: Federação alemã também defende exclusão dos clubes das competições

“Os clubes e as suas equipas de jovens devem ser excluídos de todas as competições, até que pensem novamente nos seus muitos adeptos, que os transformaram em gigantes do futebol mundial, e não apenas no porta-moedas”, disse em comunicado o presidente da DFB, Fritz Keller.

A DFB demonstrou assim o seu apoio à UEFA, organismo do futebol que já ameaçou os clubes envolvidos de exclusão de todas as competições, e Keller não poupou nas críticas à Superliga, uma competição fechada.

“É algo para os super-ricos e super sem escrúpulos. O comportamento egoísta destes 12 clubes não tem nada a ver com o jogo que aprendemos a amar quando éramos crianças”, acrescentou o responsável do futebol alemão.

No domingo, 18 de abril, AC Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, FC Barcelona, Inter Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham anunciaram a criação da Superliga europeia, à revelia de UEFA, federações nacionais e vários outros clubes.

A competição vai ser disputada por 20 clubes, 15 dos quais fundadores – apesar de só terem sido revelados 12 – e outros cinco, qualificados anualmente.

A UEFA anunciou que vai excluir todos os clubes que integrem a Superliga, assegurando contar com o apoio das federações de Inglaterra, Espanha e Itália, bem como das ligas de futebol destes três países.

Entretanto, o organismo que rege o futebol europeu anunciou o alargamento da Liga dos Campeões de 32 para 36 clubes, a partir de 2024/25, numa liga única, com cinco jogos em casa e outros tantos fora.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página