Crónica: Vitória tangencial deixa Belenenses SAD perto de garantir manutenção

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Belenenses SAD garantiu hoje um importante triunfo por 1-0 e está muito perto da manutenção na I Liga de futebol, com um golo de Cassierra a ser suficiente para derrotar o Portimonense na 31.ª jornada.
Crónica: Vitória tangencial deixa Belenenses SAD perto de garantir manutenção

O colombiano fez o único tento da partida no período de compensação da primeira parte, aos 45+3 minutos, que coloca o Belenenses SAD em excelente posição de assegurar a permanência, somando 37 pontos, oito acima do Boavista, em lugar de ‘play-off’, mas com menos um jogo, enquanto o Portimonense está em 12.º, com 34.

Sem o treinador Petit no banco, por ter sido expulso na última jornada, com o Paços de Ferreira, o Belenenses SAD teve o seu trio atacante – Silvestre Varela, Miguel Cardoso e Cassierra – de regresso e Cafú Phete no lugar do castigado Henrique, enquanto o Portimonense apostou em Fali Candé e Willyan para as posições de Koki Anzai e Dener.

Numa primeira parte medíocre, com poucas oportunidades e qualidade de jogo, os ‘azuis’ dispuseram da primeira ocasião, aos oito minutos, nos pés de Miguel Cardoso, mas o remate rasteiro embateu na malha lateral, antes de o Portimonense responder com um golo de Beto, invalidado por falta anterior de Aylton Boa Morte sobre Kritciuk.

O ‘matador’ dos algarvios voltou a colocar a defesa contrária em sentido com um fantástico trabalho diante de Cafú Phete e Tomás Ribeiro, aos 17 minutos, mas, quando conseguiu alcançar uma boa posição para armar o remate, o sul-africano recuperou e intercetou a tempo, vendo depois Fabrício, aos 28, efetuar um remate inofensivo.

À meia hora de jogo, Afonso Sousa atirou à figura de Samuel, que, no período de compensação (45+3 minutos), acabou por ficar mal ‘na fotografia’, com uma má abordagem a uma bola parada apontada por Rúben Lima, não conseguindo socar a bola, que sobrou para Cassierra abrir o ativo a favor dos lisboetas.

A equipa algarvia reentrou com vontade de igualar, mas esbarrou numa já habitual ‘muralha azul’, destacando-se as oportunidades de Beto (51 minutos), num cabeceamento para as mãos de Kritciuk, um remate torto de Anderson Oliveira (53) e a ocasião soberana de Aylton Boa Morte (58), na grande área, para defesa atenta do guarda-redes russo.

O Portimonense mantinha mais posse de bola, a procurar entrar no último terço, mas o Belenenses SAD ia negando as aproximações e apresentou-se muito perigoso no contra-ataque, tendo início com uma tentativa de Miguel Cardoso, aos 68 minutos, que ‘deitou’ o oponente e atirou rasteiro para defesa com os pés de Samuel.

Pouco depois, novo ataque rápido dos lisboetas deixou o recém-entrado Francisco Teixeira na ‘cara’ do golo, após ser assistido por Cassierra, mas atirou à malha lateral, voltando o Belenenses SAD a tentar ampliar por Cafú Phete, de cabeça, ao lado.

Já depois da última transição veloz, novamente com Cassierra a assistir, mas desta feita Afonso Taira, que não fez melhor que os seus antecessores, o Portimonense não conseguiu sequer uma boa oportunidade de perigo, com mérito do Belenenses SAD, a ‘fechar’ muito bem os caminhos da sua baliza e a agarrar um triunfo muito importante.

Programa da jornada:

Quarta-feira, 5 de Maio de 2021
Sp. Braga - Paços Ferreira, 1 - 1
Marítimo - Gil Vicente, 0 - 1
Rio Ave - Sporting, 0 - 2

Quinta-feira, 6 de Maio de 2021
Moreirense - Nacional, 2 - 2
B SAD - Portimonense, 1 - 0
Benfica - FC Porto, 1 - 1
Farense - V. Guimarães, 2 - 2

Sexta-feira, 7 de Maio de 2021
Famalicão - Santa Clara, 1 - 0
Boavista - Tondela, 1 - 1

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página