Crónica: Moreirense regressa às vitórias e espreita lugar europeu

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Moreirense venceu hoje na casa do Portimonense, por 2-1, em jogo da 32.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, quebrando um ciclo de cinco jogos consecutivos sem vitórias, e espreita agora a qualificação europeia.
Crónica: Moreirense regressa às vitórias e espreita lugar europeu

No Municipal de Portimão, Fabrício, aos 20 minutos, de grande penalidade, abriu o marcador para os algarvios, tendo Ferraresi (44) igualado antes do intervalo, e Franco (82) assinado o tento da vitória do Moreirense.

A equipa de Moreira de Cónegos, que não vencia desde 15 de abril na deslocação ao Gil Vicente (2-1), quebrou um ciclo de cinco jornadas consecutivas sem vitórias, período no qual somou três empates e duas derrotas.

Com o triunfo de hoje, a formação orientada por Vasco Seabra subiu provisoriamente ao sétimo lugar, com 40 pontos, a dois da última posição da qualificação europeia.

Os algarvios, que não vencem há cinco jornadas, somaram a segunda derrota consecutiva e ocupam a 12.ª posição, com 34 pontos.

Em Portimão, o Moreirense foi a equipa que mais procurou a vitória, ao assumir o controlo do jogo e instalar-se no meio-campo dos algarvios, embora sem encontrar a solução para abrir espaços na defesa da formação de Paulo Sérgio.

Aproveitando o adiantamento da formação de Moreira de Cónegos, o Portimonense acabou por chegar à vantagem através de uma grande penalidade apontada por Fabrício, aos 20 minutos, originada por Abdu ao derrubar na área Aylton Boa Morte.

Surpreendido pelo golo, o Moreirense aumentou a dinâmica ofensiva e, aos 22 minutos, viu o guarda-redes Samuel evitar o empate, ao opor-se ao remate de André Luís.

A igualdade surgiu perto do intervalo, por intermédio de Ferraresi, que conseguiu ganhar à defesa algarvia e, de cabeça, deu o melhor seguimento ao canto apontado por David Simão, levando o jogo empatado para o intervalo.

O segundo tempo foi mais equilibrado, com as equipas a dividirem a bola a meio-campo, com o Moreirense a ter oportunidade para dar a volta ao marcador, quando Abdu, na esquerda, cruzou fazendo a bola atravessar a pequena área sem que surgisse alguém para finalizar.

A persistência do Moreirense acabou por resultar no segundo golo, quando Abdu (82) assistiu Franco, que, sem posição na área, rematou de cabeça fora do alcance de Samuel.

Os mesmos protagonistas poderiam ter dilatado o marcador três minutos depois, mas Franco rematou ao lado, com Samuel fora do lance e sem possibilidade de chegar à bola.

Nos dois lances, a defesa algarvia não fica isenta de responsabilidades.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página