loading

QF Mundial-2022: Argentina cede empate com Chile, Uruguai com Paraguai

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

A Argentina e o Uruguai ficaram-se na quinta-feira por empates caseiros nas receções a Chile e Paraguai, respetivamente, na sétima jornada da zona sul-americana de apuramento para o Mundial de futebol de 2022.
QF Mundial-2022: Argentina cede empate com Chile, Uruguai com Paraguai

Em Santiago Del Estero, a formação ‘albi celeste’ marcou primeiro, por Lionel Messi, que faturou de penálti - a castigar falta de Maripan sobre Lautaro Martínez -, com grande classe, batendo Claudio Bravo aos 24 minutos.

Messi apontou o seu 72.º golo ao serviço da Argentina, em 143 jogos, e o 23.º nas eliminatórias para o campeonato do Mundo, no dia em que cumpriu o 50.º encontro.

A vantagem da Argentina não durou, porém, muito tempo, já que, aos 36 minutos, o Chile empatou: Aránguiz marcou um livre sobre a esquerda e Mendel chegou primeiro à bola junto à linha final e atrasou para Alexis Sánchez encostar para a baliza deserta.

Já nos descontos, aos 45+2 minutos, Messi viu Bravo negar-lhes o segundo, num livre direto, algo que se repetiu aos 87 e 88, em remates de bola corrida, já depois de, aos 80, o jogador do FC Barcelona ter atirado à barra em novo livre direto.

Em Montevideu, o Uruguai teve mais tempo a bola e foi mais rematador, mas não conseguiu marcar ao Paraguai, que somou o quarto empate – mais uma vitória -, em cinco jogos, mantendo-se, provisoriamente, em lugar de apuramento.

No primeiro encontro da ronda 7 – a primeira depois da quarta, já que a quinta e a sexta, de março, foram adiadas -, a Venezuela, comandada pelo treinador português José Peseiro, sofreu o quarto desaire em cinco jogos, ao perder com a Bolívia por 3-1.

Nas alturas de La Paz, o avançado Marcelo Moreno foi a grande figura da formação da casa, ao conseguir dois golos, para juntar aos três que já tinha apontado nas quatro primeiras rondas, a Argentina (1-2), Equador (2-3) e Paraguai (2-2).

O jogador dos brasileiros do Cruzeiro, de 33 anos, inaugurou o marcador aos cinco minutos, com um remate cruzeiro e rasteiro, servido por Jorge Flores, e fechou o resultado aos 83, num cabeceamento fulminante, após centro de Diego Bejarano.

Bejarano foi o outro protagonista principal dos locais, ao marcar o segundo golo dos bolivianos, aos 60 minutos, de cabeça, na sequência de um canto marcado na esquerda por Arce.

Os venezuelanos, que na última ronda, em 17 de novembro de 2020, tinham batido em casa o Chile por 2-1, voltaram, assim, aos desaires, de nada lhes valendo o tento de Jhon Chancellor, aos 26 minutos, na recarga a um livre de Otero que Lampe defendeu de forma incompleta, para a frente.

Na classificação, lidera o Brasil, com 12 pontos (menos um jogo), seguido da Argentina, com 11, do Equador, com nove (menos um jogo), do Paraguai, com sete, e do Uruguai, com os mesmos sete, sendo que se qualificam diretamente os quatro primeiros e o quinto vai disputar um ‘play-off’ intercontinental.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página