Fernando Gomes fala em «legado quase incomparável» de Neno

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, lamentou hoje a morte do ex-guarda-redes Neno, que deixa "uma legado quase incomparável".
Fernando Gomes fala em «legado quase incomparável» de Neno

"Personalidade tão generosa nos afetos, deixa um legado quase incomparável de cavalheirismo, simpatia, alegria e bondade", referiu Gomes, numa mensagem publicada no site oficial do organismo.

Fernando Gomes lamentou "profundamente o desaparecimento tão precoce do Neno, uma personalidade incontornável na história do futebol português, quer pela sua grande carreira no campo, quer, principalmente, pelo seu enorme valor humano".

O antigo internacional português Neno morreu na quinta-feira, aos 59 anos, informou hoje o Vitória de Guimarães, clube em que o guarda-redes jogou e foi dirigente.

Formado no Barreirense, Neno passou por Vitória de Guimarães, Benfica e Vitória de Setúbal.

Nascido na Cidade da Praia, em Cabo Verde, Neno ganhou três campeonatos e três Taças de Portugal pelo Benfica, além de uma Taça de Portugal pelo Vitória de Guimarães.

Ao serviço da seleção portuguesa fez nove encontros, entre 1989 e 1996.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página