Europeu-2020: Paulo Sousa diz que a 'mentalidade' da equipa foi chave para empate

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O selecionador polaco, o português Paulo Sousa, considerou que a “mentalidade” da sua equipa, quando estava a perder, foi fundamental para reagir e chegar ao empate frente à Espanha, no Grupo E do Euro2020 de futebol.
Europeu-2020: Paulo Sousa diz que a 'mentalidade' da equipa foi chave para empate

“A 'chave' foi a nossa mentalidade, mostrámos coragem na segunda parte. Na primeira parte os nossos médios jogaram muito atrás, passivos, sem intensidade e não empurraram a equipa para a frente. Faltou velocidade e não conseguimos ganhar as segundas bolas para ficarmos mais perto da baliza espanhola. Na segunda parte, corrigimos essa falha, mas, mesmo assim, na primeira tivemos duas chances claras de marcar graças à nossa pressão”, disse Paulo Sousa.

O técnico português destacou a atitude distinta da equipa na segunda parte: “Exijo coragem aos jogadores e quero vê-la em campo. Juntámos linhas e conseguimos defender melhor, o que nos permitiu marcar o golo, sabendo que a equipa espanhola, depois de chegarmos ao empate, nos obrigaria a jogar mais para trás. Usámos as transições, conseguimos ser mais eficazes. Sabíamos que não podíamos defender o jogo todo e que tínhamos de causar danos ao adversário”.

De seguida, não poupou elogios ao marcador do golo e líder da seleção polaca, o avançado Robert Lewandowski. “Podemos melhorar porque temos qualidade, mas depois vemos um líder como o Robert [Lewandowski] a lutar, a vencer todos os duelos, a sofrer entradas duras, a jogar com companheiros, a marcar, a assitir, a encher o campo. A mentalidade dele é um exemplo para o resto da equipa”.

Para Paulo Sousa, Lewandovski é o “melhor avançado do mundo” e os seus golos são “essenciais”, mas é também um exemplo de liderança “pelo muito que trabalha em cada treino, sabendo que na seleção não está acompanhado pelos mesmos jogadores que tem no Bayern Munique”.

Depois de somar o primeiro ponto no grupo E, a Polónia tem hipóteses de se apurar para os oitavos de final na última jornada frente à Suécia, que lidera com quatro pontos.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página