loading

‘Estágio do jogador’ arrancou para promover empregabilidade e qualificação

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

A 19.ª edição do ‘Estágio do Jogador’, promovido pelo Sindicato de Jogadores Profissionais de Futebol (SJPF) e destinado a atletas sem clube, arrancou hoje com o intuito de oferecer valências desportivas, profissionais e sociais.
‘Estágio do jogador’ arrancou para promover empregabilidade e qualificação

“O objetivo é qualificar o jogador, não só para o desporto, mas para a sua vida pessoal. O Estágio do Jogador é uma iniciativa de cariz social, na pré-época desportiva, que também promove os treinadores, e onde alguns iniciaram a sua carreira”, afirmou o presidente do SJPF, Joaquim Evangelista, durante a apresentação do evento.

O estágio deste ano será orientado por Nuno Campos, que vai iniciar a carreira de treinador principal, após mais de uma década como adjunto de Paulo Fonseca, no Paços de Ferreira, FC Porto, Sporting de Braga, Shakhtar Donetsk, Roma, entre outros, e que em 2005 também participou nesta iniciativa do SJPF, enquanto futebolista.

“Tenho uma dívida de gratidão com o sindicato e com o futebol, e esta é uma forma de agradecimento. Aceitei este convite de imediato e estou cá para ajudar os jogadores a saírem daqui em melhores condições do que aquelas em que entraram. Faço um apelo aos clubes para que olhem para estes jogadores, porque há aqui valor e qualidade”, observou Nuno Campos.

O experiente guarda-redes Carlos Fernandes, de 41 anos, ex-jogador de Campomaiorense, Boavista, Steaua, Rio Ave ou Moreirense, e que agora se dedica ao futebol de praia, ao serviço do Estoril Praia, integra a equipa técnica de Nuno Campos, sendo o responsável pelo treino dos guardiões.

O ‘Estágio do Jogador’ tem como objetivo promover a atividade física e tática durante o período de inatividade, qualificar os jogadores de futebol para o período de transição e para o pós-carreira, e promover a empregabilidade de jogadores sem clube.

A iniciativa decorre até 31 de agosto, no Campus do Jogador, em Odivelas, estando agendados treinos diários, ações de formação e testes físicos de diagnóstico e de prevenção de lesões.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página