loading

Proença diz que «batalha» pelo regresso dos adeptos «pode ter final feliz»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Pedro Proença, afirmou hoje que a abertura do Governo para o regresso dos adeptos aos estádios dá confiança e que a «batalha pode ter um final feliz».
Proença diz que «batalha» pelo regresso dos adeptos «pode ter final feliz»

“A abertura demonstrada hoje pelo Governo, através da ministra da Saúde, Marta Temido, em ter adeptos em espetáculos ao ar livre, com todas as regras de protocolo, testes ou vacinação completa, dá-nos a confiança de que a batalha que começámos há mais de um ano, pode ter agora um final feliz”, referiu, numa mensagem divulgada nas redes sociais.

Pedro Proença salientou que o regresso dos adeptos será uma “vitória de todo o futebol profissional”.

“Aguardamos pela confirmação oficial de tão boas notícias e do regresso dos adeptos aos estádios já este final de semana! Sinais muito animadores. A Liga Portugal tem já a norma articulada com a DGS e os clubes estão a preparar-se para receber público assim haja ‘ok’ formal do Governo, na próxima quinta-feira”, acrescentou.

A Supertaça de futebol, agendada para sábado entre Sporting e Sporting de Braga, pode vir a ter adeptos nas bancadas, admitiu hoje a ministra da Saúde, descrevendo o jogo como um possível “evento-teste” para o regresso de público.

“Em relação ao público nos eventos organizados em ambiente aberto, aquilo que ficou hoje referido pelos peritos foi que há, face a esta situação de aumento da vacinação, possibilidade de fazer essa abertura”, adiantou Marta Temido, contrapondo uma “maior restrição” para eventos que decorram em espaços fechados e citando a recomendação dos especialistas para um maior arejamento desses recintos.

Embora tenha aberto a porta ao regresso dos adeptos, Marta Temido evitou comprometer-se de forma definitiva sobre essa matéria, e remeteu uma decisão para quinta-feira, quando se realiza o próximo Conselho de Ministros.

Em 09 de julho, a Liga de Clubes anunciou que as competições profissionais iriam começar com a possibilidade de 33% de lotação dos estádios, depois de reuniões com o Governo e a Direção-geral da Saúde (DGS), mas poucas horas depois o Governo salientou que a decisão ainda não estava tomada.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página