loading

I Liga 2021/22: Vitória confia em Pepa para reencontrar rota europeia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Pepa é a principal novidade do Vitória de Guimarães para a edição 2021/22 da I Liga portuguesa de futebol, que o clube pretende de regresso às competições europeias, após duas épocas em que falhou o objetivo.
I Liga 2021/22: Vitória confia em Pepa para reencontrar rota europeia

Depois dos sétimos lugares de 2019/20, sob o comando técnico de Ivo Vieira, e de 2020/21, num campeonato com quatro treinadores, os vimaranenses contrataram em maio o novo ‘timoneiro’, responsável pelo apuramento do Paços de Ferreira para a edição inaugural da Liga Conferência Europa, com um quinto lugar na temporada transata.

Pepa assinou um contrato válido até junho de 2024 e realçou, na apresentação, que o Vitória “tem de olhar com naturalidade para os primeiros lugares”, embora sem anunciar metas classificativas para a primeira temporada em Guimarães.

“O Vitória tem de olhar com naturalidade para os primeiros lugares, de ambicionar títulos e de lutar por eles. Mas, isso vai ser um processo. Vai ser um ‘tribunal’ onde vamos ser vistos e avaliados todos os dias”, disse então.

À semelhança de 2020/21, os minhotos encaram a nova época com um orçamento a rondar os 20 milhões de euros, segundo informação recolhida junto de fonte oficial do clube, e mantêm a ‘espinha dorsal’ do plantel anterior, graças à permanência de 18 jogadores, entre os quais Rochinha, jogador que participou em mais golos na época passada: marcou seis e assistiu para outros tantos.

Quanto a reforços, o Vitória de Guimarães assegurou até agora três: o lateral esquerdo Rafa Soares, que regressou ao clube após ano e meio de empréstimo ao Eibar, de Espanha, o central Borevkovic, ex-Rio Ave, e o médio Alfa Semedo, contratado ao Benfica.

O plantel principal vimaranense registou até agora a saída de 14 elementos, com o médio Pepelu, emprestado pelos espanhóis do Levante, a cotar-se como o mais utilizado do lote: cumpriu 2.391 minutos no campeonato 2020/21, repartidos por 30 jogos.

Os minhotos venceram os cinco jogos realizados na pré-temporada e os dois que garantiram o acesso à fase de grupos da Taça da Liga, frente a Leixões (4-1) e Casa Pia (1-0), sempre com base num sistema tático 4x3x3, o mesmo de 2020/21.

Os vimaranenses iniciam o campeonato às 15:30 de domingo, com a receção ao Portimonense, e cumprem os jogos de maior dificuldade teórica a meio da primeira volta, enfrentando Benfica à sétima jornada, o campeão nacional Sporting à 10.ª e o FC Porto à 12.ª, já depois de visitarem o rival e vizinho Sporting de Braga, à quarta, no final de agosto.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página